Jornal de Turismo Jornal de Turismo
DestaqueIATA questiona rankings de segurança de companhias aéreas

Destaque

IATA questiona rankings de segurança de companhias aéreas

A IATA emitu nesta terça-feira (10) uma nota onde alerta que algumas empresas produzem relatórios com a pretensão de classificar/ranquear as empresas aéreas de acordo com seu nível de segurança operacional. “Como não existem métricas ou critérios objetivos que permitam fazer isso, essas organizações usam uma variedade de “critérios” subjetivos para comparar as empresas aéreas. Estes incluem tipicamente o número de acidentes e/ou incidentes sérios experimentados por uma empresa aérea durante um período especificado. As informações são geralmente extraídas de fontes publicamente disponíveis, como os meios de comunicação. As fórmulas exatas para determinar os rankings podem ou não estar disponíveis para exame e análise”.

A IATA não considera que as classificações de segurança operacional das empresas aéreas sejam uma medida válida do desempenho de segurança de uma organização individual. Além disso, o ´orgão não acredita que a segurança da aviação deva se tornar uma questão competitiva, pois violaria a posição da indústria de que a segurança é a mais alta prioridade de todos os envolvidos na aviação. "O extraordinário desempenho em matéria de segurança do transporte aéreo comercial deve-se, em grande medida, ao forte espírito de cooperação em matéria de segurança entre as empresas aéreas, fabricantes, reguladores governamentais e outras partes interessadas", diz a nota.

Para a Iata, as amostras coletadas em "premiações" semelhantes trazem pouca clareza sobre acidentes, por exemplo. “Acidentes aéreos, especialmente acidentes fatais, são extremamente raros. Grandes variações nas taxas podem resultar de um único evento”, disse em comunicado.

Ainda de acordo com a associação, fatores e eventos externos, como fabricantes de aeronaves, aeroportos, empresas de serviço no solo, por exemplo, contribuem para incidentes e acidentes. “A gravidade do acidente tem de ser julgada e levada em conta em um sistema de classificação, mas a gravidade de um acidente é muitas vezes afetada por condições e eventos externos.”

 

Hotelaria

Prêmio é reconhecimento ao desempenho do hotel em 2016...
Alexandre Herchcovitch e Isabela Capeto lançam cosméticos para hotéis...
Hotel é um dos líderes do destino Porto Seguro...