Denominada O Bolsista, a empresa aposta em uma ideia pioneira se tratando de intercâmbio estudantil de férias. Voltada inicialmente ao público jovem de baixa renda, a proposta garante a experiência de uma viagem internacional sem custos, destinada a jovens e estudantes do ensino médio ou universitários, tendo apenas como exigência 17 anos e 11 meses completados para que o (a) mesmo possa disputar pela bolsa.

A bolsa que dá direito a uma experiência de intercâmbio em um dos países, a priori, da América do Sul, será contemplada através dos melhores resultados obtidos por uma prova de equivalência, ou seja, de conhecimentos gerais, modelo Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Contando com a parceria de instituições de ensino, como escolas, universidades sendo a rede privada e pública além de escolas de idioma e agências, que uma vez interessadas em registrar-se atuam prestadoras de serviços .

Com sua sede em São Paulo, O Bolsista visa atender jovens do Brasil todo com uma estimativa de pelo menos 500 viagens intercambistas realizadas até o final de 2018.