Com belas promoções, vantagens e garantias, a ABRATI, associação que representa as empresas regulares, acredita que conseguirá reverter as as perdas do setor, causadas pela pandemia

Turismo nacional responsável, vantagens e passagens baratas são as apostas do setor rodoviário neste verão para driblar a crise e recuperar parte da demanda perdida por causa da pandemia da Covid-19.

Além da possibilidade de turistar por novos destinos gastando em média vinte reais, o passageiro também poderá ter acesso a uma série de vantagens. Algumas empresas, ao invés do bilhete de passagem em si, estão oferecendo vouchers com datas e horas em aberto para que o passageiro possa agendar sua viagem com calma, nos dias e horários que forem mais confortáveis pra ele.

Com as promoções, os passageiros poderão encontrar passagens até 99% mais baratas do que as aéreas. As empresas de ônibus UTIL, Sampaio, Brisa, Real Expresso e Rápido Federal, por exemplo, estão vendendo passagens a partir de R﹩ 24 para viagens pelas regiões do Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste.

Com isso, o consumidor terá acesso a tarifas por apenas 1,3% do valor de uma passagem aérea, uma vez que a passagem aérea para um voo do Rio de Janeiro para Brasília, comprada próxima a data da viagem, custa em média dois mil reais. Assim, somente a taxa de embarque do aeroporto já sai mais cara do que a viagem inteira (ida e volta) de ônibus.

Outras empresas passaram a oferecer programas de fidelidade, como é o caso da Viação Planalto. Empresa que atende toda a região Sul do país, ela criou um programa de fidelidade multiflex que além de facilitar a compra de passagens, permite que o passageiro junte pontos para trocar por produtos e serviços em estabelecimentos cadastrados.

Já as empresas do Grupo JCA, que atende as regiões Sul e Sudeste, estão com venda de passagens com valores a partir de R﹩ 5,90 até o final de fevereiro. As viagens são realizadas pelas Viações Cometa, 1001, Catarinense, Rápido Ribeirão e Expresso do Sul, para cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Londrina e Curitiba.

Com o alto preço dos combustíveis, a expectativa é de que o ônibus se torne uma opção até para quem costuma viajar de carro.

Além de preço, conforto e segurança

A garantia do cumprimento dos protocolos contra Covid, somada ao receio de muitas pessoas com relação ao transporte clandestino também são apostas do setor para atrair os passageiros.

Por saírem de terminais rodoviários, as empresas regulares são sempre fiscalizadas com relação aos itens de segurança, motorista etc. Além disso, o serviço rodoviário possibilita um conforto de poltronas que reclinam muito mais, e o passageiro não paga por itens como transporte de malas, wi-fi e entretenimento de bordo. Em alguns locais, como Rio de Janeiro e Brasília, já há embarque de ônibus direto do aeroporto. Outra vantagem é o tempo de validade da passagem, o que dá ao passageiro muito mais tranquilidade em casos de imprevistos e cancelamentos.

O otimismo com o início da vacinação, somado a uma maior confiança da população com relação aos protocolos sanitários cumpridos à risca pelas empresas regulares, a expectativa da ABRATI, associação que representa as empresas de transporte interestadual de passageiros, acredita numa recuperação gradual do setor.

"Os ônibus regulares são constantemente fiscalizados por agentes da ANTT, especialmente agora, com relação aos cuidados sanitários para evitar a transmissão do novo coronavírus", explica Letícia Pineschi, conselheira da ABRATI. "Nós investimos muito nisso e tem valido a pena porque estamos conseguindo levar aos nossos passageiros a sensação de segurança e tranquilidade, para que eles possam curtir a viagem e relaxar", explica Letícia, lembrando as autoridades sanitárias já se manifestaram com relação aos baixos riscos de infecção dentro dos ônibus, desde que todos os cuidados sejam tomados.

Serviço

Para saber das promoções na sua região, basta acessar os sites das empresas, nos links de promoção, e fazer o cadastro, e aceite dos termos da promoção.

Depois, é só ir nas caixas de busca (pela origem e destinos desejados), e escolher a opção de serviço: convencional ou executivo.

No caso das empresas da região Sudeste, o viajante terá até o dia 11 de abril para agendar a viagem pelo próprio site ou pelos telefones 0800 085 8830 ou 0800 883 8830.