Entidade continua a desempenhar papel fundamental para o desenvolvimento do balneário Proativa e presente em todos os acontecimentos, a AHPG (Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas) completa 20 anos de atuação. Neste período, acompanhou um crescimento vertiginoso do destino, o quinto mais procurado do Brasil atualmente e referência de roteiro turístico entre visitantes internacionais.

A entidade nasceu a partir da visão de quatro empresários do setor hoteleiro, preocupados com a redução do número de turistas em função de um surto de cólera registrado em 1992. Na época, em pleno carnaval, o governo do Estado determinou o fechamento do acesso às praias da região e, após uma semana, descobriu que não havia riscos de contaminação na areia e no mar. Mas já era tarde demais, porque Porto de Galinhas dependia do turismo da alta temporada para sobreviver nos meses seguintes.

“A associação surgiu à procura de soluções em conjunto com os poderes públicos estadual e municipal. Não só reagimos como impulsionamos a visibilidade do destino”, relembra Otaviano Maroja, filho de um dos fundadores e atual presidente da AHPG. Porto de Galinhas deixou de ser uma vila de pescadores isolada e de veraneio apenas para os pernambucanos, para ser visitada por viajantes de várias partes do mundo.

Com o trabalho permanente de divulgação do destino em feiras de negócios do setor e junto ao trade turístico, o futuro reserva ainda mais desenvolvimento com a construção de novas unidades hoteleiras, ampliação das já existentes e monitoramento constante das ações do poder público. 

Hoje, fazem parte da entidade: Hotel Armação, Best Western Solar Porto de Galinhas, Porto de Galinhas Praia Hotel, Village Porto de Galinhas, Best Western Vivá Porto de Galinhas, Pousada Tabapitanga, Pontal de Ocaporã, Beach Class Resort Muro Alto, Marulhos Resort, Summerville Beach Resort, Nannai Beach Resort e Muro Alto Marupiara Suítes.

Porto de Galinhas em números

- O município é responsável pela terceira maior arrecadação de Pernambuco

- Quinta praia mais procurada do País e eleita por onze vezes consecutivas a melhor do Brasil pela revista Viagem & Turismo

- Hoje, a AHPG tem 12 associados

- Ao todo, a região tem 16 hotéis quatro e cinco estrelas, resorts e 200 pousadas

- A ocupação média anual na hotelaria gira em torno de 70% a 80%

- A rede de hotéis, pousadas e resorts apresenta oferta de 13 mil leitos

- Em 2012, a região receberá mais 240 leitos, com a inauguração do Best Western Vivá Porto de Galinhas, construído com base em princípios de sustentabilidade

- A hospitalidade na rede hoteleira foi avaliada como ótima por 55% dos turistas que visitaram a região

- 70% dos visitantes de Porto de Galinhas são brasileiros, vindos principalmente de São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal. Entre os estrangeiros, a maioria embarca da Argentina, do Uruguai e de Portugal

- 95% dos que viajam a Porto de Galinhas contratam pacotes de operadoras de turismo e agências de viagem

- O gasto médio diário por visitante é de R$ 152

- 92,5% dos visitantes vão a Porto de Galinhas a passeio, 87% em busca de sol e praia e 79% levam a família.

- A permanência média na região é de sete dias

- Porto de Galinhas tem quatro centros de convenções, alguns deles com até 4.500m2