A Ryanair afirmou nesta segunda-feira (25), que apenas 3% dos seus clientes afetados pelo cancelamento de voos ainda não entraram em contacto com a companhia para pedir o reembolso ou remarcarem os seus voos.
No comunicado, a companhia explicou que todos os 315 mil clientes afetados pelos cancelamentos, que se estendem até outubro, foram notificados da alteração do seu voo por email na segunda-feira (18). Até o último domingo (24), foram processadas mais de 305 mil remarcações ou reembolsos, o que corresponde a mais de 97% do total de clientes afectados.
“Pedimos uma vez mais sinceras desculpas a cada um dos 315.000 clientes cujos voos foram cancelados durante este período de 6 semanas em Setembro e Outubro. Mais de 97% dos passageiros afectados viram já as suas reservas remarcadas ou reembolsadas, e solicitamos aos restantes 3% (menos de 10.000 clientes) que entrem em contacto connosco para aferir as suas opções de remarcação ou reembolso”, afirma Kenny Jacobs, da Ryanair.