0
0
0
s2smodern

O Grupo Latam Airlines e a RB Capital firmaram acordo para a construção do mais moderno hangar, para a implantação do Centro de Manutenção de Linha no Aeroporto Internacional de Guarulhos. O investimento de R$ 130 milhões será por meio do modelo “build to suit”, no qual o empreendimento é realizado conforme especificações determinadas pela companhia aérea e lastreado por um contrato de locação de 14 anos. As obras estão a cargo da Libercon Engenharia. 

O hangar de manutenção está em linha com uma série de medidas adotadas para consolidar as operações da empresa no seu principal hub (centro de conexões) internacional em Guarulhos. Com a transação, a RB Capital ultrapassa a cifra de R$1.5 bilhão aportada em operações imobiliárias para atender clientes corporativos, e confirma sua trajetória e credenciais como um dos principais players do setor imobiliário na modalidade “build to suit”.

Durante os três turnos de trabalho, mais de 600 funcionários realizarão as manutenções preventivas dos aviões, que acontecem entre cada voo. As manutenções periódicas previstas nos manuais das fabricantes, que demandam mais tempo e recursos, continuarão a ser feitas no centro de manutenções da companhia em São Carlos, interior de São Paulo. A nova edificação terá capacidade para atender simultaneamente sete aeronaves de dois corredores (wide body), como os Boeing 777, 767 e 787 e o novo modelo Airbus A350 ou até 19 aviões de um único corredor (narrow body) da família Airbus A320 em um espaço de mais de 65 mil metros quadrados.

O Centro de Manutenção de Linha (CML) trará ainda, vários outros benefícios para o Grupo Latam. Por contar também com oficinas e estoque de componentes aeronáuticos, a logística de suprimentos – e dos próprios itens que devem passar por manutenção – será ainda mais eficiente. Já as manutenções periódicas e estruturais, que demandam mais tempo e recursos, continuarão a ser feitas no MRO, centro de manutenção da companhia, localizado em São Carlos no interior de São Paulo. 

 

Agências de Viagens

Geração millenium é responsável por quase metade das compras de passagens aéreas no Brasil

Segundo levantamento da agência ViajaNet, jovens entre 18 e 34 anos respondem por 45,34% do comércio de bilhetes aéreos e já são maioria no País

Segundo pesquisa exclusiva da agência virtual ViajaNet, a geração millenium já responde por 45,34% do total de vendas de passagens aéreas no Brasil. A participação dos consumidores entre 18 e 34 anos representa o público que mais compra bilhetes aéreos no País.

De acordo com o levantamento, que avaliou o perfil de compra de janeiro a agosto deste ano, os consumidores entre 35 e 54 anos representam 38,94% das vendas de passagens aéreas. E a menor participação ficou na população da terceira, com consumidores acima de 55 anos, com 15,72% dos bilhetes comprados.

vendas de passagens aéreas por faixa etária de consumidores