Os tripulantes de cabine da TAP já não vão avançar com a greve que estava prevista para os dias 9, 10 e 11 de Fevereiro (período de férias de Carnaval), de acordo com o que foi deliberado esta quinta-feira em assembleia-geral do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC).

A decisão foi tomada após reuniões entre responsáveis do SNPVAC e da transportadora aérea.

Tinham sido apresentados ainda pré-avisos para uma paralisação a repetir mensalmente e mais duas greves parciais para operações de médio e longo curso a partir de 28 de março. Fonte oficial do SNPVAC disse que a retirada do pré-aviso de greve "é um voto de confiança à nova administração" da TAP, cuja Comissão Executiva é liderada por Antonoaldo Neves desde quarta-feira, que "mostrou abertura" para negociar com o sindicato.