Pin It

A 4ª edição do Experiência Braztoa 2018 aconteceu nesta quarta-feira (15), em Brasília, e reuniu autoridades do setor para acompanhar um dia intenso de trabalho, com troca de experiências e possibilidade de negócios entre as operadoras de turismo associadas à Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), agentes de viagens e os destinos convidados.

Para a presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Teté Bezerra, o trabalho das operadoras de turismo deve ser valorizado, pois é essencial para formatação de roteiros e produtos turísticos de qualidade, o que aumenta a competitividade dos destinos nacionais.

O impacto econômico gerado pelas empresas associadas à Braztoa com a geração de emprego, renda e fechamento de negócios ultrapassa a marca de R$ 10,8 bilhões.  A presidente da entidade, Magda Nassar explica que o evento tem caráter inovador com atrações gastronômicas, como o projeto Sabores do Brasil, e acompanha a modernização do setor como um todo.

Com 40 expositores presentes, o encontro teve foco na Região Centro-Oeste com parceria do Sebrae e recebeu caravanas de agentes de viagens de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, além de importante presença internacional com participação de países como Peru, Colômbia e Israel, além de destinos da região da Patagônia. O objetivo é posicionar a Região Centro-Oeste como destino turístico integrado e de qualidade nos cenários nacional e internacional. 

O Experiência Braztoa 2018 já passou por Foz do Iguaçu, Manaus e Maceió. O evento de Brasília encerrou o ciclo itinerante pelas quatro macrorregiões do país. Estiveram presentes no evento o secretário-executivo do Ministério do Turismo, Alberto Alves, o Secretário Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo da pasta, Bob Santos, Caetana Franarin, subsecretária de Produtos e Políticas de Turismo da Setur/DF, Chico Maia, da Fecomércio e Aparecida Vieira, gerente do Sebrae-DF.