Pin It

Criada pela parceria entre a Prefeitura de Belo Horizonte e o Sebrae Minas, as inscrições para a segunda edição do Kackatur vão até o dia 28 de julho. O desafio deste ano provocará as Startups de todo o país a desenvolverem um programa para web, mobile e hardware voltados para a área alimentícia. Para participar, os interessados devem estar em fase de operação ou tração, além de formalizados.

A iniciativa é um indutor de inovação segundo o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio: “temos uma grande diversidade gastronômica, que, aliada ao turismo e à tecnologia, pode contribuir para o desenvolvimento sustentável das cidades, oferecendo experiências culturais ímpares. Eventos como estes tornam o segmento dinâmico, criativo e ajudam a ofertar várias possibilidades para a promoção dos destinos e da economia regional”, destaca.

O presidente da Belotur, Gilberto Castro, diz que a competição vem em boa hora, já que a gastronomia da capital mineira, que movimenta cerca de R$ 4,5 bilhões por ano, concorre a um título internacional: “o momento é oportuno, pois agrega inovação, criatividade e tecnologia aos processos desenvolvidos para a candidatura de Belo Horizonte, que recentemente recebeu endosso nacional para integrar a Rede Cidades Criativas da Unesco”, comenta.

Ao todo, 15 empresas serão selecionadas para a fase de Bootcamp, que avaliará as ideias iniciais dos competidores. Oito startups passarão para a próxima etapa, a ser realizada no dia 12 de agosto. Nesta fase, elas começarão a desenvolver as soluções apresentadas anteriormente, participarão de workshops e mentorias com especialistas para aprimorar as propostas. Por fim, no dia 29 de outubro, banca avaliadora e investidores que acompanharão a competição selecionarão os dois melhores projetos. Eles serão premiados com o valor de R$ 5 mil.