Pin It

O discurso do Presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) repercutiu, nesta quarta-feira (25), na abertura da ABAV Expo Internacional de Turismo 2019, maior feira do setor da América Latina e realizada em São Paulo (SP). O presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, destacou aos presentes o momento histórico que aconteceu em Nova Iorque.

“Nosso presidente demonstrou, como nunca, seu comprometimento com o turismo brasileiro. Expôs as feridas daqueles que tentam tutelar a livre iniciativa e pensamento. Livre iniciativa que será fundamental para alavancarmos o nosso setor da estagnação”, afirmou.

A uma plateia repleta de autoridades, como o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, 25 secretários de turismo, e membros do trade, Gilson destacou conquistas importantes do atual governo como a isenção de vistos (Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão) e a abertura de capital estrangeiro para empresas aéreas.

“Nós fazemos parte da felicidade das pessoas, e isso deve ser nossa prioridade. Queremos que nosso trade tenha enorme sucesso e leve nosso país a ser um mercado de ponta. Seremos agora um campo fértil para bons empresários nacionais e internacionais que gerem empregos no nosso país”, explicou Gilson.

Segundo o Banco Central do Brasil, em julho, primeiro mês após aprovado a isenção de vistos, US$ 598 milhões foram injetados na economia brasileira por turistas estrangeiros, contra US$ 417 milhões registrados no mesmo período do ano anterior.

O Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, completou o bom momento do setor e informou que entre maio e julho os gastos de turistas estrangeiros no país cresceram 43% em relação a 2018. “A missão do turismo é levar emprego e dignidade às pessoas”, concluiu.

Magda Nassar, presidente da Associação Brasileira de Agência de Viagens (ABAV), agradeceu a presença da Embratur e ressaltou a importância de um diálogo aberto entre o governo e o trade turístico.