Mais de mil estudantes de 26 escolas públicas participaram do programa entre os meses de novembro e dezembro de 2009. Viajar durante três dias com a turma da escola, conhecer monumentos históricos e tirar dúvidas com os professores a qualquer hora. Essas foram algumas das vivências que 1.040 alunos de 26 escolas públicas do Distrito Federal tiveram nos meses de novembro e dezembro de 2009, por meio do "Viaja Mais Jovem", um programa do MTur, implementado no DF com apoio do CET/UnB (Centro de Excelência de Turismo da Universidade de Brasília).

Os estudantes foram divididos em dois grupos: fluxo centro-rural e fluxo rural-centro. O primeiro é formado por escolas do centro de Brasília, que viajaram principalmente pelas cidades do DF. Já os alunos dos centros de ensino das regiões administrativas, tiveram as visitas mais concentradas no Plano Piloto. Ao todo, foram 580 estudantes do 7º ano do Ensino Fundamental e 480 do 2º ano do Ensino Médio.

Além de monitores, as excursões também foram acompanhadas por professores, que aprovaram o programa. Cleide Maria Carvalho Sorroche, professora da Escola Classe 317 de Samambaia foi uma delas. "Por mais que eu tente, não consigo expressar a satisfação de cada criança. Posso com certeza afirmar que elas ganharam não só em conhecimento, mas também a oportunidade de vivenciarem novas experiências. Por várias vezes os nossos alunos afirmaram que estavam vivendo um sonho e que jamais acharam ser possível realizá-lo”, afirmou.

Para Silvana França, professora do Centro de Ensino Fundamental nº 03 Riacho Fundo II, viajar aprendendo é aprender com liberdade: “Fui selecionada para viajar com os alunos da 7ª série, foi uma experiência incrível. Poder contemplar a alegria dos alunos a cada descoberta e aprendizagem, é maravilhoso, me encheu de entusiasmo e satisfação”. A professora conta que ela e os alunos registraram todos os momentos e aproveitaram os passeios para debater assuntos e compartilhar experiências. “O viaja mais jovem é sem dúvida um projeto proveitoso, emocionante e muito marcante na vida de professores e alunos", complementa.

Turismo pedagógico e cívico

O VMJ (Viaja Mais Jovem) é voltado para o público estudantil e permite o acesso a experiências complementares ao ensino de sala de aula, sem custo nenhum para os participantes. O objetivo é incentivar a cultura e o espírito cívico dos alunos, contribuindo para a qualidade de ensino e a dinamização da atividade turística. A experiência piloto do projeto aconteceu em 2009 no estado no Acre. Cerca de 600 estudantes do Estado foram beneficiados.

Siga-nos