O vice-governador do Distrito Federal e ex-secretário de Turismo, Paulo Octávio, está prestes a ocupar a cadeira de governador


Adair de Oliveira / JT

O vice-governador do Distrito Federal e ex-secretário de Turismo, Paulo Octávio, está prestes a ocupar a cadeira de governador. O STJ (Superior Tribunal de Justiça) decretou agora a pouco, por 12 votos a 2, a prisão do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), e mais cinco pessoas envolvidas na tentativa de suborno do jornalista Edson dos Santos, o Sombra.

O ministro Fernando Gonçalves, relator do inquérito da Operação Caixa de Pandora que investiga o esquema de corrupção no GDF (Governo do Distrito Federal) decretou a prisão de Arruda após o pedido  da subprocuradora-geral da República Raquel Dodge.

Além de Arruda, outros cinco envolvidos no esquema tiveram a prisão decretada, são eles: o ex-deputado Geraldo Naves (DEM), Weligton Moraes, ex-secretário de Comunicação; Rodrigo Arantes, sobrinho do governador; Haroaldo Brasil de Carvalho, diretor da CEB (Companhia Energética de Brasília); e Antonio Bento da Silva, conselheiro do Metrô.

Siga-nos