0
0
0
s2smodern

Em uma noite de abril de 1975, o Le Bristol Paris já é uma lenda do glamour, mas naquela noite uma página fora do comum está prestes a ser escrita. Josephine Baker, a cantora eletrizante dos anos 1920, a encarnação da sensualidade exótica, está mais radiante do que nunca. Como frequentadora do Le Bristol Paris, Miss Baker convidou 250 convidados para o hotel a fim de celebrar a abertura do musical de seus 50 anos de carreira no Bobino Theatre. E é assim que Alain Delon, Princesa Grace, Jean-Claude Brialy, Sophia Loren, Mick Jagger e Tino Rossi passam pelas portas giratórias do Le Bristol para homenagear a grande Josephine no grande salão do Palácio.

Hoje, Le Bristol Paris comemora esta grande artista, amante de Paris e inaugura a primeira suíte dedicada a um dos luminares que escolheram o Le Bristol como sua residência parisiense.

A suíte Josephine Baker está  localizada no topo do hotel com vista para a Torre Eiffel. A atmosfera é a de um apartamento parisiense em tons de creme, azul celeste, branco, bege e rosa antigo, uma caixa de joias revestida de seda, cashmere e elementos preciosos.  Nas paredes, fotografias da artista no Le Bristol Paris durante a celebração do aniversário de 50 anos e na sala de estar  um retrato de Josephine Baker, do fotógrafo George Hoyningen-Huene, que remete à capa do álbum "The Best of Josephine Baker", de 1934.

Ao saber da criação da suíte, o filho de Josephine Baker, Brian Bouillon Baker, reagiu com emoção: "Como visitante frequente do Le Bristol Paris, eu adoro sua atmosfera parisiense e cosmopolita, refinada e generosa. Esse lugar me toca porque sempre traz lembranças de minha mãe, tenho muito orgulho do Palácio ter escolhido homenagear sua memória com sua primeira suíte dedicada a uma personalidade icônica"

Feriadao 300x600