Após três dias da queda do avião agrícola, no último domingo (04), o piloto Maicon Semencio Esteves, de 27 anos, foi resgatado com vida e em meio a selva, no ínicio desta quarta-feira (07). Segundo a polícia militar, Maicon foi encontrado a 2,2 km do local do acidente. 

À beira de um rio, o paranaense possuía queimaduras no rosto e no braço e foi levado de ambulância para um hospital da cidade. De acordo com um fazendeiro, ele não conseguiu ingerir líquido por causa da sua debilitação. Participaram da busca um grupo de 15 voluntários, três bombeiros e oito policiais militares. A demora no resgate se dá pelo fato da área possuir aproximadamente 6 mil hectares de mata fechada.

O acidente

O piloto paranaense comandava um avião agrícola, modelo Neiva EMB-201, matrícula PT-GSH. Após sair do município de Porto Nacional, em Tocantis, para fazer um translado até Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá, o avião caiu. Os seus destroços foram encontrados por fazendeiros da região, contudo, não havia sinal do piloto.

A FAB divulgou uma nota informando que as causas do acidente serão apuradas pelos investigadores do Sexto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA VI), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA).