Pin It

Por Letícia Moura 

Nesta terça-feira (26), um Boeing 737 MAX 8 da companhia norte-americana Southwest Airlines fez um pouso de emergência 11 minutos após decolar do aeroporto da Flórida, em Orlando, nos Estados Unidos. Um problema na turbina obrigou o piloto a retornar ao aeroporto. Não havia passageiros a bordo, apenas a tripulação e ninguém ficou ferido.

O avião é do mesmo modelo dos que caíram na Etiópia e Indonésia e iria para o aeroporto de Logística do Sul da Califórnia para ficar armazenado no depósito  junto com outras aeronaves 737 MAX 8 da Southwest. Todos os voos deste tipo de Boeing foram proibidos por autoridades do mundo inteiro e também pela Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA), mas a transferência entre aeroportos é permitida. 

De acordo com a FAA, o incidente já está sendo investigado e não tem relação com o software de controle, suspeito de ter causado as outras tragédias.