Pin It

Por Letícia Moura

Uma aeronave da Avianca Brasil foi impedida de decolar na noite desta quinta-feira (4) por estar penhorada pela Justiça. O voo iria de Brasília a Congonhas, em São Paulo, e todos os passageiros e tripulação precisaram desembarcar. 

A Avianca conseguiu reverter a liminar, porém os oficiais de Justiça já estavam a caminho do aeroporto de Brasília para o cumprimento da decisão liminar que cumpria um pedido dos credores da companhia aérea. 

O voo estava marcado inicialmente parar sair às 19h, sendo remarcado para 22h30 e depois, para 1h20. Com a mudança de horários, o destino precisou ser alterado porque o aeroporto de Congonhas fecha neste período. O pouso foi destinado ao aeroporto de Guarulhos e aconteceu na madrugada desta sexta-feira (5). 

Recuperação Judicial 

A empresa enfrenta problemas econômicos e está em recuperação judicial desde dezembro de 2018. Em março, anunciou que encerrará as operações no Galeão, no Rio de Janeiro e fechará as suas bases de Belém e Petrolina, além de cancelar algumas rotas.