Pin It

Por Claudio Magnavita

A nomeação na última sexta, 10 de maio, de Paulo Senise para a Presidência da Embratur foi uma conquista pessoal do Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio e uma demonstração de prestígio junto ao Presidente Jair Bolsonaro.

Ao escolher um técnico do quilate do Senise, o Ministro do Turismo reafirma a sua determinação em cumprir os seus compromissos com o Presidente Bolsonaro e com toda a cadeia produtiva do turismo, de transformar o setor em uma atividade de força econômica e geração de emprego com destaque na nova administração federal.

O Ministro compreendeu a importância de dar finalmente ao Rio o protagonismo que sempre buscou no turismo. Ele analisou várias indicações e escolheu o currículo baseado em critérios eminentemente técnicos e profissionais. Em um almoço com as principais lideranças do turismo ele prometeu que o nome escolhido seria do Rio e cumpriu a sua palavra.

Com a Embratur, todos os nomes que foram escolhidos por Marcelo Álvaro seguiram estes critérios técnicos e profissionais. Só um dos secretários nacionais teve uma indicação político-partidária, mesmo assim, um nome que o atual Ministro herdou.

Em menos de quatro meses as conquistas da gestão do Governo Bolsonaro no turismo são enormes. O ministro Marcelo promoveu a primeira reunião de trabalho das entidades do trade com um Presidente da República, aboliu os vistos para os norte-americanos, canadenses, australianos e japoneses, avançou na regulamentação da Lei Geral do Turismo, eliminou as barreiras para o capital estrangeiro nas empresas aéreas e ampliou a relação com a Organização Mundial de Turismo. Agora, a nomeação de um técnico para Embratur pode ser adicionada a este elenco de vitórias.

Com larga atuação na área internacional, fluente em idiomas, ex-diretor Executivo do Rio Convention & Visit Bureau e ex-presidente da TurisRio, Paulo Senise foi o nome comum em várias listas que chegaram ao Ministro. Um nome de consenso. Nas reuniões que teve com o Secretário Executivo, Daniel Nepomuceno e com o próprio Ministro, Paulo os conquistou com o seu profundo conhecimento na promoção internacional, pela forma diplomática e cortês que sempre foi a marca da sua personalidade, muito próxima a conduta pessoal do Ministro.

No mundo político, esta nomeação, assinada em conjunto pelo Presidente Bolsonaro e pelo Ministro Marcelo é uma reafirmação da confiança presidencial ao titular do turismo, reforçada pela lisura e profissionalismo com que vem comandando a pasta. Com Senise nomeado aparecem diversos sinais de paternidade, porém foi o Ministro que cacifou o nome que escolheu depois de uma rigorosa avaliação.