Pin It

Por: Luiza Macedo

O bimotor Piper que caiu nesta segunda-feira (27), que estava embarcado o cantor Gabriel Diniz,28, não tinha autorização para fazer táxi aéreo. O modelo PA-28-180, tinha capacidade para o transporte de apenas três passageiros, mais o piloto. A aeronave foi fabricada em 1974 e caiu na cidade de Constância, próximo à Ponto do Saco, uma área de mangue e difícil acesso.

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a aeronave tinha autorização apenas para voos de instrução e sua Aeronavegabilidade para voar era até 2023. O bimotor está registado no Aeroclube de Alagoas e a inspeção mecânica do monomotor estava vigente até 2020.

A Aeronáutica já iniciou o processo de investigação e contará com fotografias, documentos e testemunhos sobre o acidente.

Saiba mais: https://www.jornaldeturismo.tur.br/destaque/82757-aeronave-cai-em-sergipe-com-cantor-gabriel-diniz-do-hit-jenifer