Pin It

Por Gabriel Moses

O Brasil recebeu nesta segunda-feira (17), os primeiros turistas americanos com isenção de visto. Eles desembarcaram no Aeroporto Internacional Tom Jobim, localizado no Rio de Janeiro. A isenção se dá por uma medida prevista no Decreto Presidencial nº 9.731. Turistas da Austrália, Japão e Canadá também são outros estrangeiros beneficiados.

Como anfitrião, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio esteve presente no aeroporto para receber os viajantes. De acordo com o ministro, esta segunda-feira (17) entrou para a história: "a isenção de visto para esses quatros países era perseguido por todo setor de turismo no Brasil há mais de 15 anos. Então a gente vê a realização disso aqui com um grupo de turistas americanos chegando e dizendo que só vieram para o Brasil por causa dessa isenção. Isso é muito gratificante, e nos incentiva ainda mais a continuar trabalhando para realizar ações e iniciativas como essa e, sobretudo, gerando emprego e renda para a nossa população", afirmou.

O Presidente do RIOgaleão, Luiz Rocha, comentou sobre a importância do aeroporto e também do país em receber estrangeiros: "Nós, obviamente, temos orgulho de ser a porta de entrada do turismo no Rio de Janeiro e, consequentemente, do Brasil". De acordo com Luiz Rocha, as novas medidas implantadas pelo governo permitirão a retomada da economia brasileira.

A expectativa do governo é que, com  os vistos isentados, o fluxo de turistas desses países aumente e gere pelo menos R$ 1 bilhão para a economia brasileira todos os anos.

Também presente no Aeroporto Internacional do Rio, o deputado federal Hélio Bolsonaro destacou a promessa feita pelo presidente da República: "o presidente Bolsonaro está colocando em prática aquilo que ele prometeu durante a campanha. Por ele ser um morador do Rio e saber da defasagem do turismo na cidade, com uma atitude dessa ele faz com que o Rio só ganhe e cresça." Formulando emendas parlamentares para oxigenar financeiramente a cidade carioca, o deputado Hélio Bolsonaro ainda afirmou que como carioca, o que tiver em sua alçada, irá se esforçar ao máximo para que o Rio de Janeiro volte a ser grande.

Com a agilidade do visto eletrônico, que entrou em vigor em 2018 para os mesmos países beneficiados agora com a isenção, o fluxo de visitantes dos Estados Unidos, do Japão, do Canadá e da Austrália aumentou 15,73%, com injeção de R$ 450 milhões na economia.

De acordo com o Ministério do Turismo, no ano passado, os brasileiros gastaram US$ 18,2 bilhões no exterior, enquanto os estrangeiros deixaram US$ 5,9 bilhões no Brasil, o que causou um déficit no trade turístico de US$ 12,3 bilhões.

O secretário de Turismo do Estado do Rio de Janeiro, Otavio Leite, ressaltou a postura do ministro Marcelo Álvaro Antônio em ouvir e debater ideias em prol do turismo brasileiro: "O ministro é de diálogo. Rapidamente captou o conteúdo da relevância do turismo como fator de desenvolvimento econômico e social. E temos trabalhado muito em parceria. O turismo é supra-partidário. O Rio de Janeiro está totalmente alinhado ao Governo Federal na questão do turismo. Agora, é preciso somar esforços para reconstruir o país e seu turismo."

Assista o vídeo das entrevistas realizadas por Claudio Magnavita na solenidade no Galeão:

https://www.youtube.com/watch?v=DTNaJJWUwfk&app=desktop