Pin It

Por Gabriel Moses

A 17ª Vara Federal do Distrito Federal bloqueou o embolso de R$ 6 bilhões à massa falida da Varig em uma ação que determinou que a União indenize a companhia aérea falida pela paralisação de tarifas durante o Plano Cruzado, entre outubro de 1985 e janeiro de 1992.

Divulgada somente na última quarta-feira (24), a decisão que já havia sido tomada no dia 1º de julho vale até o julgamento do mérito do pedido da Advocacia-Geral da União (AGU), que contesta os valores.

Em 2014 que ocorreu o pedido de suspensão, onde o Supremo Tribunal Federal (STF) obrigou a União a indenizar a Varig. Em 2017, a decisão foi mantida pela Corte.

O imbróglio está desde 1993 na Justiça, quando a empresa aérea entrou em ação na Justiça do DF para receber a indenização.