Pin It

Símbolo internacional de qualidade, a Bandeira Azul voltará a tremular na praia do Peró, em Cabo Frio, no verão de 2020. A coordenação nacional do programa atendeu ao pedido da Prefeitura de Cabo Frio para iniciar somente após o verão as obras de revitalização da orla, orçada em R$ 2 milhões. O início das obras estava previsto para julho, mas o município não conseguiu executá-las por falta de recursos.

Otávio Leite, secretário de Turismo do Estado do Rio de Janeiro

Moradores, ambientalistas e o trade turístico comemoraram o novo hasteamento da Bandeira Azul em novembro, mas continuam apreensivos. Eles defendem o cumprimento dos 34 requisitos exigidos pela coordenação nacional para que a Bandeira Azul seja hasteada de forma definitiva, apenas com revisões anuais.

Na reunião realizada no Hostel Container Cabo Frio no dia 02, convocada pelos Amigos do Peró, o prefeito Adriano Moreno não compareceu e nem mandou representantes. O grupo decidiu enviar um ofício ao prefeito pedindo uma audiência para que ele explique o cronograma do projeto para os próximos meses.

Coordenadora Nacional do programa Bandeira Azul, Leana Bernardi disse que foi procurada por Cabo Frio com o pedido para postergar as obras que estavam previstas para a Praia do Peró:

-- Este adiamento não vai afetar o hasteamento da Bandeira Azul, desde que o município garanta o cumprimento dos critérios, como foi feito na temporada passada. Na verdade não é a Bandeira Azul que está sendo prorrogada, e sim as obras de melhoria na praia – esclareceu.

Um dos integrantes dos Amigos do Peró, Roberto Antunes, um dos hoteleiros mais antigos de Cabo Frio, disse na reunião que existe uma apreensão sobre o futuro do projeto:

-- O hasteamento da Bandeira Azul em novembro é uma boa notícia para comemorar. Mas existem outras questões que nos preocupam, como acessos ao balneário, segurança, receptivo, posturas e fiscalização ambiental na praia – disse o hoteleiro.

Os Amigos do Peró também vão pedir ajuda ao governo do estado, através do Secretário de Turismo, Otávio Leite, e do presidente da TurisRio, Thomaz Weber, para ajudar Cabo Frio a dar continuidade ao projeto Bandeira Azul. Leite e Weber visitaram a praia e anunciaram que pretendem estimular projetos semelhantes em outras praias do Rio, inclusive Búzios. Marco Navega, presidente da Federação dos Conventions Bureau do Estado do Rio, disse que vai pedir a ajuda:

-- A manutenção da Bandeira Azul do Peró é um dever de todos que querem que o turismo seja o novo petróleo do Estado do Rio, uma riqueza natural da Região dos Lagos, na Costa do Sol do RJ, exemplo a ser perseguido por outras praias do estado e do país. Estarei pessoalmente reiterando ao prefeito Adriano a importância das ações necessárias a esta manutenção agora em 2019 – prometeu Navega.