Pin It

Alguns membros da Diretoria do CONRETUR – Conselho Regional de Turismo da Região das Agulhas Negras, representada por seu Presidente, Marcelo Carrasco Jimenez, por Eduardo Guedes, Prefeito de Itatiaia, por Alexandre de Rezende Teixeira, Secretário de Turismo de Itatiaia e por Luiz Carlos Ferreira Bastos, Fundador e ex-Presidente do CONRETUR e presidente da Associação de Hotéis de Itatiaia, participaram na última segunda-feira (16) da reunião com Otavio Leite, Secretário Estadual de Turismo e com Thomas Weber, presidente da TurisRio – Companhia de Turismo do Estado do Rio de Janeiro.

Estavam presentes também Wilson Picolli, Assessor Especial do Secretário Otavio Leite e Marta Lúcia Belmiro Lemos, Assessora da Coordenadoria Geral Casa do Trabalhador da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais.

Na pauta da reunião constava a apresentação da Região das Agulhas Negras; a solicitação de inclusão do CONRETUR no Conselho Estadual de Turismo e a solicitação de apoio da SETUR RJ ao desenvolvimento do Turismo na região.

O CONRETUR se reestruturou e se reorganizou em maio passado, com a necessidade  de cumprir exigências do Ministério do Turismo para que a Região das Agulhas Negras  continuasse constando no Mapa do Turismo Brasileiro. Com o final do prazo dado pelo Ministério, representantes das 12 IGRs - Instâncias de Governança Regionais do Estado
(os Conselhos Regionais de Turismo) foram convidados a participar da reunião do Conselho Estadual de Turismo, que tem o Secretário Otavio Leite como Presidente,
reunião que foi realizada no último dia 25 de julho, na sede da Fecomércio, no Rio.

Após essa reorganização do CONRETUR, foi identificada a necessidade de apresentar a Região das Agulhas Negras e o trabalho do Conselho ao Secretário Otavio Leite. No encontro desta segunda-feira (16), os representantes das Agulhas Negras contextualizaram a criação do CONRETUR ao Secretário. “O CONRETUR - Agulhas Negras foi criado em 1997, por iniciativa de um grupo de empresários e foi o Primeiro Conselho Regional de Turismo no Estado do Rio de Janeiro, muito antes da implantação do Programa de Regionalização do Turismo por parte do Ministério do Turismo.

O Conselho tem uma importância histórica na luta pelo desenvolvimento do turismo regional, servindo de modelo para outras regiões do Estado. Por nossa iniciativa junto à ALERJ, a região foi denominada como Agulhas Negras, através da Lei N° 3.395, de 5 de maio de 2000, que compreende os Municípios de Resende, Itatiaia, Quatis e Porto Real”, destacou Luiz Carlos Bastos, fundador e ex-Presidente do CONRETUR.

Para Marcelo Carrasco Jimenez, atual Presidente do CONRETUR “A reunião foi muito produtiva, foi uma oportunidade de nos apresentarmos ao Secretário Otavio Leite e mostrar a ele todo o patrimônio turístico existente na Região das Agulhas Negras, como o primeiro Parque Nacional do Brasil, o Parque Nacional do Itatiaia, o Parque Estadual da Pedra Selada, o Centro Histórico de Resende, a primeira Colônia Finlandesa do Brasil, em Penedo, Visconde de Mauá que abrange as Vilas de Mauá, Maringá e Maromba, a Colônia Italiana de Porto Real, e ainda a tradicional Feira da Roça de Quatis.

Outro ponto importante levado ao Secretário foi o fato do Conselho Regional não estar vinculado a nenhum órgão governamental e por isso a necessidade de participarmos do Conselho Estadual de Turismo, acompanhando de perto as ações que são aprovadas para o desenvolvimento do turismo no Estado e podendo apresentar as reivindicações das Agulhas Negras. A questão de ações promocionais também foi apresentada a ele, e ele declarou que pela falta de recursos do Estado, poderíamos pensar numa ação promocional no Vale do Paraíba Paulista, em São José dos Campos para divulgar a região. Solicitamos apoio dele para termos mais acesso ao Ministério do Turismo e aos Deputados Federais que podem nos ajudar com emendas parlamentares para projetos estruturantes do turismo aqui na região. E ao final aproveitamos para convidar o Secretário a visitar a região, conhecendo de perto nossos principais destinos turísticos, em uma breve oportunidade.”

O Prefeito de Itatiaia, Eduardo Guedes, declarou “O Turismo tem importância econômica para Itatiaia, gerando receita e empregos, contando com aproximadamente 150 empresas
de hospedagem, uma gastronomia reconhecida nacionalmente com ícones como a truta, chocolate, pinhão, cerveja artesanal, dentre outros, atrativos naturais e culturais que
complementam o cenário turístico desta região. Itatiaia possui fluxo considerável de turistas estrangeiros do segmento de observação de aves no Parque Nacional. E para
recebermos bem o turista tenho investido em melhorias da infraestrutura turística como asfaltamento, melhor distribuição de água, sinalização e ordenamento da atividade
turística com legislação específica.”

O Secretário Otavio Leite se colocou à disposição da Região, do Conselho para apoiar no que for preciso o desenvolvimento do Turismo regional. Ressaltou que mesmo com a dificuldade financeira que o Estado do Rio tem enfrentado, o Governador tem declarado total apoio à SETUR reconhecendo que o Turismo, como atividade econômica, deve ser uma alternativa de arrecadação para o Estado.

E com isso, ações, atividades, projetos e programas serão realizados para fomentar esse desenvolvimento do Turismo Estadual. “A reunião foi muito interessante com a representação das Agulhas Negras que tem o Conselho Regional de Turismo que pega Itatiaia, Resende, Quatis e Porto Real, uma área belíssima do Rio de Janeiro que tem o Parque Nacional do Itatiaia e tantas e tantas outras atrações. Aqui na pauta, as melhorias para a região e o fomento ao turismo, ao turismo empreendedor, o turismo que tem vocações cada vez mais fortes, na aventura, na ecologia, na gastronomia que tem abundantemente nesta belíssima região. Ao lado do Prefeito Dudu, do ex-Prefeito Luiz Carlos, do Marcelo Presidente do Conselho, do Alexandre, Secretário de Itatiaia, é uma alegria poder estar ao lado de todos vocês”, ressaltou Otavio Leite.

Ao final da reunião, os membros da Diretoria do CONRETUR solicitaram ao Secretário Otavio Leite o reconhecimento da importância turística e econômica das Agulhas Negras
para o Estado do Rio de Janeiro, incluindo-a em futuros projetos, programas, ações e atividades a serem realizadas pela SETUR RJ.