Pin It

No próximo dia 11 de fevereiro, o Hotel Tropical, em Manaus, vai à leilão. Fechado desde maio em razão de dívidas que ultrapassam os R$ 20 milhões, o espaço - que tem mais de quatro décadas - já recebeu reis, príncipes, presidentes e artistas consagrados no meio da Amazônia.
Inaugurado em 26 de março de 1976, na presença do então presidente Ernesto Geisel, o Hotel Tropical foi construído pelo Grupo Varig, numa ação coordenada com o governo da época com o objetivo de integrar a Amazônia ao Brasil e ao mundo. Com 235 mil metros quadrados, foi um dos maiores complexos turísticos hoteleiros da América do Sul, com quadras de tênis, ginásio poliesportivo, praia privativa e até um zoológico particular. No local de hospedagens, sete longos corredores com 611 apartamentos. Tudo rodeado pela floresta, com vistas para o rio que banha o oeste de Manaus.
A estabilidade financeira do resort, contudo, sofreu os primeiros sinais de ameaça após o processo de falência da companhia aérea e de suas subsidiárias, em meados da década passada. O processo fez com que muitos credores da antiga companhia pedissem seus direitos e penhoras trabalhistas, o que travava parcela considerável da receita.
Com informações do Jornal O Estado de São Paulo