Pin It

A Rússia anunciou nesta quinta-feira (26) a suspensão de todos os voos internacionais que pousam ou decolam no país. A medida foi divulgada após o território registrar 182 novos casos da Covid-19 nas últimas 24 horas, seu recorde diário, elevando as infecções no país para 840, com duas mortes.

Segundo a Rosaviation, a agência russa de aviação, a suspensão do tráfego aéreo internacional começará a valer a partir de meia-noite de sexta-feira (18h de quinta, horário de Brasília). As exceções, segundo um comunicado emitido pelo governo, serão voos para evacuar cidadãos russos de outros países e viagens autorizadas pelo Kremlin.

Moscou vinha afirmando que os casos do novo coronavírus estavam sob controle e que medidas mais duras de contenção eram desnecessárias, mas vem revertendo este discurso nos últimos dias. Nesta quinta, em paralelo à suspensão dos voos, Putin afirmou crer que a Rússia poderá “derrotar” o Sars-CoV-2 em menos de três meses caso imponha medidas de restrição mais contundentes. O governo também enviou ao Parlamento uma medida que lhe daria o poder de declarar estado de emergência no país inteiro ou em partes dele.