Depois de trazer alguns dos mais importantes e maiores organizadores de eventos do país, no início de setembro, a Salvador Destination reuniu agora nove operadores internacionais do mercado visitors, com sede no Rio de Janeiro, São Paulo e Recife. Durante três dias, de 14 a 17 de setembro, os operadores conheceram a nova cidade e seus inúmeros atrativos.
"A vinda desses profissionais é muito importante para reforçar a imagem da cidade. A intenção é reconquistar a confiança deles no destino Salvador, pois são responsáveis por vender o Brasil no mercado internacional. Pelo feedback das edições anteriores, percebemos que os operadores saem encantados com o que vem e isso é muito importante", afirmou Conor John O'Sullivan, presidente da Associação Baiana de Receptivo (Abre), entidade que apoiou a ação, juntamente com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) e o Golden Tulip Salvador.
Durante três dias, os operadores conheceram os tradicionais e novos atrativos da cidade. O roteiro incluiu a Cidade Baixa, com parada na Igreja do Bonfim, Forte de Mont Serrat e orla da Ribeira, com direito a provar um dos 60 sabores de sorvete de frutas tropicais e exóticas da famosa Sorveteria da Ribeira. O Pelourinho, patrimônio da Humanidade, com seus inúmeros casarios coloniais, não podia ficar de fora, assim como o novo Rio Vermelho e os fortes Santa Maria e São Diogo, convertidos em modernos espaços culturais.
"Estive aqui há oito anos e achei agora tudo muito diferente, mais seguro, mais bonito, mais iluminado. As obras realizadas pela prefeitura deixaram a cidade mais atrativa, mais acolhedora. Salvador tem cultura e história, que atraem muito o turista", frisou Renan Bolta, coordenador de eventos da Abreu DMC, empresa de turismo de origem portuguesa e considerada a mais antiga do mundo, fundada em 1840. Para o diretor da agência de viagens Brazil Summer, Salvador Constatino Saladino, a capital baiana “mudou 180 graus para melhor” desde a última vez que esteve aqui, há 20 anos. Me chamou a atenção a sua modernidade, com suas ciclovias, o metrô. Percebo boas possibilidades de ampliar as vendas para o destino”, destacou entusiasmado.