0
0
0
s2smodern

O Brasil fechou o ano de 2017 levando mais de 67 mil turistas para a África do Sul, número histórico, e 74,7% maior que o de 2016. Os dados recém-divulgados mostram o que já vinha sendo observado: a África do Sul é hoje um destino desejado pelos brasileiros.  

Famoso pela grande diversidade que oferece aos turistas, com uma cultura riquíssima, vida selvagem impressionante, paisagens, praias, além de cidades modernas e de uma gastronomia incrível, o destino vem experimentando um boom na quantidade de turistas brasileiros desde o final de 2016, chegando a atingir um crescimento maior que 100% em diversos meses.

Além disso, a África do Sul deu as caras em rankings importantes nos últimos tempos: Joanesburgo e Cape Town estão na lista do Booking de cinco destinos com maior crescimento de reservas feitas por usuários brasileiros em 2017, ao mesmo tempo em que Cape Town apareceu como um dos destinos mais desejados para janeiro de 2018 segundo o Top 10 do Viajanet.

É significativo também observar que o Brasil pela primeira vez levou mais viajantes ao país do que o Canadá, um mercado tradicional, de modo que em 2017 mais turistas brasileiros visitaram a África do Sul do que turistas canadenses. Além disso, vale mencionar que o crescimento também é uma tendência em outros países da América do Sul. O Chile levou à África do Sul 77,5% mais turistas em 2017 que no ano anterior, enquanto a Argentina cresceu 56,3%. No acumulado de América do Sul e Central, o aumento é de 59,3%.

No que diz respeito a 2018, é um ano importante para a África do Sul principalmente por conta de uma data muito especial, o centenário de Nelson Mandela. O grande líder sul-africano, símbolo mundial da luta por igualdade e liberdade, faria 100 anos no dia 18 de julho, de modo que celebrações serão organizadas na África do Sul, assim como em diversos outros países.

Agências de Viagens

Geração millenium é responsável por quase metade das compras de passagens aéreas no Brasil

Segundo levantamento da agência ViajaNet, jovens entre 18 e 34 anos respondem por 45,34% do comércio de bilhetes aéreos e já são maioria no País

Segundo pesquisa exclusiva da agência virtual ViajaNet, a geração millenium já responde por 45,34% do total de vendas de passagens aéreas no Brasil. A participação dos consumidores entre 18 e 34 anos representa o público que mais compra bilhetes aéreos no País.

De acordo com o levantamento, que avaliou o perfil de compra de janeiro a agosto deste ano, os consumidores entre 35 e 54 anos representam 38,94% das vendas de passagens aéreas. E a menor participação ficou na população da terceira, com consumidores acima de 55 anos, com 15,72% dos bilhetes comprados.

vendas de passagens aéreas por faixa etária de consumidores