0
0
0
s2smodern

O turismo está sendo uma das alavancas da retomada do crescimento e a perspectiva é de que o setor tenha um incremento de 11% no trimestre de Verão com relação a 2016. A estimativa é da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) e foi apresentada pelo presidente Vinicius Lummertz, nesta sexta-feira (15), para o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, e para o trade turístico catarinense. Lummertz fez um balanço do ano que passou e destacou os investimentos, ações e campanhas que estão sendo desenvolvidas pela autarquia para incrementar o turismo internacional em direção ao Brasil. Também abordou ações que o Ministério do Turismo está fazendo para fomentar o fluxo interno de turismo no país.

Lummertz apresentou a nova campanha da autarquia: "Aqui hablamos Portuñol: en Brasil todo mundo se entiende". Destinada aos turistas sul- americanos, tem como mote o “portunhol”, língua comum aos turistas do continente. É a primeira campanha da Embratur voltada somente para mídias digitais.

O presidente da Embratur também informou ao prefeito Gean Loureiro e ao trade turístico que Florianópolis lidera o ranking do site de busca de hotéis Trivago com relação às cidades turísticas brasileiras para o Ano Novo. Seguida do Rio de Janeiro e Porto Seguro, a pesquisa revela que os turistas estrangeiros pretendem ficar em média seis dias na Capital catarinense e a média de preços clicados é de R$ 688. Na Argentina, Florianópolis também tem a maior procura (com estadia média de 9,6 dias), acima inclusive de Mar del Plata, na Argentina, e de Punta Del Este, no Uruguai. Os uruguaios também preferem Florianópolis (oito dias em média), acima de suas próprias praias de La Paloma e Punta del Este. Santa Catarina é o destino de mais de um milhão de argentinos e no ano passado, durante a temporada de verão, Florianópolis recebeu mais de 600 mil deles.

Outra campanha apresentada foi ‘O Sul é o meu Destino’, exibida durante o segundo semestre para incentivar que turistas de outras regiões visitem o Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul durante o ano todo.

Agências de Viagens

Geração millenium é responsável por quase metade das compras de passagens aéreas no Brasil

Segundo levantamento da agência ViajaNet, jovens entre 18 e 34 anos respondem por 45,34% do comércio de bilhetes aéreos e já são maioria no País

Segundo pesquisa exclusiva da agência virtual ViajaNet, a geração millenium já responde por 45,34% do total de vendas de passagens aéreas no Brasil. A participação dos consumidores entre 18 e 34 anos representa o público que mais compra bilhetes aéreos no País.

De acordo com o levantamento, que avaliou o perfil de compra de janeiro a agosto deste ano, os consumidores entre 35 e 54 anos representam 38,94% das vendas de passagens aéreas. E a menor participação ficou na população da terceira, com consumidores acima de 55 anos, com 15,72% dos bilhetes comprados.

vendas de passagens aéreas por faixa etária de consumidores