0
0
0
s2smodern

Mais do que orgulho para Santa Catarina, a Volvo Ocean Race se consagra como um importante estímulo para a economia. Com investimento de cerca de R$ 12 milhões, a previsão da organização do Itajai Stopover é ter um impacto econômico superior aos R$ 82 milhões registrados na edição de 2015.

Ao todo, 2 mil empregos diretos devem ser gerados agora, com movimentação em 50 setores. A expectativa é que o evento, realizado entre 5 e 22 de abril, atraia aproximadamente 400 mil pessoas, número superior à ultima edição, quando cerca de 352 mil visitantes passaram pelo local, segundo levantamento do Instituto de Pesquisas Sociais (IPS) da Univali.

De acordo com as projeções, grande parte do público será catarinense, porém a expectativa é que quase 40 mil pessoas devam se deslocar de outros estados e cerca de 5 mil estrangeiros circulem pela região. Todo fluxo movimentará a cadeia economia como um todo, englobando os comércios, transporte e turismo local.

Para receber a grande demanda de público, Itajai dobrou a capacidade hoteleira da última edição da Volvo Ocean Race Itajaí para agora. Nos últimos anos, redes internacionais se instalaram no município que também ganhou novos leitos com a ampliação de empreendimentos tradicionais da cidade.

Agências de Viagens

Geração millenium é responsável por quase metade das compras de passagens aéreas no Brasil

Segundo levantamento da agência ViajaNet, jovens entre 18 e 34 anos respondem por 45,34% do comércio de bilhetes aéreos e já são maioria no País

Segundo pesquisa exclusiva da agência virtual ViajaNet, a geração millenium já responde por 45,34% do total de vendas de passagens aéreas no Brasil. A participação dos consumidores entre 18 e 34 anos representa o público que mais compra bilhetes aéreos no País.

De acordo com o levantamento, que avaliou o perfil de compra de janeiro a agosto deste ano, os consumidores entre 35 e 54 anos representam 38,94% das vendas de passagens aéreas. E a menor participação ficou na população da terceira, com consumidores acima de 55 anos, com 15,72% dos bilhetes comprados.

vendas de passagens aéreas por faixa etária de consumidores