Pin It

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, recebeu ontem, 17, o presidente argentino, Mauricio Macri. No encontro, as pautas comerciais e o fortalecimento do Mercosul dominaram os discursos no Palácio do Planalto e no almoço promovido no Itamaraty. Para o Turismo, esse alinhamento com o país vizinho é importante, pois é de lá que vem o maior número de visitantes, na casa dos dois milhões anuais.

Os presidentes ressaltaram a importância desta primeira visita de um representante estrangeiro ao Brasil após a posse do presidente Jair Bolsonaro, prova da prioridade que se atribuem reciprocamente os dois países.

Em 2018, a Embratur realizou algumas iniciativas em parceria com a Improtur, agência que desenvolve o trabalho de promoção internacional da Argentina, assim como a Embratur faz pelo Brasil. Uma delas foi a missão a China, na qual ambos os países realizaram em conjunto um roadshow, com rodada de negócios, com os principais operadores de turismo do país asiático. Nesta ação, ganharam destaque as Cataratas do Iguaçu, o futebol e outros aspectos culturais que são atrativos turístico compartilhado entre os dois países.

A Embratur também tem trabalhado no auxílio da comercialização do Brasil como oferta turística, por meio da ampliação da oferta de voos internacionais. Na semana passada, a Embratur recebeu executivos da companhia aérea FlyBondi, empresa do segmento low cost, que pretende entrar em 2019 no mercado brasileiro. Hoje, a oferta de voos internacionais da Argentina com destino ao Brasil acontece nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Curitiba, Salvador, Manaus, Recife, Porto Seguro e Navegantes. Além disso, uma operadora de turismo ofertou 9 novos voos saindo do país vizinho para aproveitar o Rio de Janeiro durante o verão, trazendo pelo menos outros três mil turistas argentinos.