0
0
0
s2smodern

Evento destaca o livro como principal propulsor do pensamento crítico, traz uma programação contemporânea e diversa e recebe Sharjah, dos Emirados Árabes Unidos, como convidado de honra. 

Entre os dias 3 e 12 de agosto acontece a 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, realizada pela Câmara Brasileira do Livro (CBL). Ao completar 50 anos, o conceito criativo tem como proposta destacar o livro como principal fonte do conhecimento em meio ao turbilhão de estímulos e canais de acesso a conteúdos que a tecnologia hoje proporciona. Com a assinatura "Venha fazer esse download de conhecimento", a campanha traz elementos que humanizam o livro, utilizando pessoas reais nas peças de comunicação, e enfatiza a importância do diálogo e da abertura de perspectivas.

A edição ocupa a totalidade do espaço do Anhembi (75 mil m²), recebe selos editoriais de todos os gêneros, mantém o preço do ingresso da última edição – sem reajustes – e cresce em programação cultural: serão 1.500 horas de atividades (200 a mais que a edição anterior) e 14 espaços oficiais do evento com atividades relacionadas ao universo literário.

"Tivemos o cuidado de trazer uma programação capaz de atingir todos os públicos – das crianças aos adultos – buscando temas atuais, além de melhorar a infraestrutura para melhor conforto e circulação dos visitantes. Este ano, a Bienal do Livro está ainda mais multicultural, une entretenimento, conhecimento, inovação e, claro, muita literatura", afirma Luís Antonio Torelli, presidente da Câmara Brasileira do Livro (CBL).

Durante os 10 dias de Bienal do Livro, os visitantes poderão ter contato com autores, em encontros e palestras exclusivas. Na programação já estão confirmados importantes autores da cena literária do Brasil e do exterior. Entre os nomes internacionais estão: A. J. Finn, de "A Mulher na Janela", que em breve ganha as telas do cinema pela Fox Filmes; Victoria Aveyard, autora da série "A Rainha Vermelha"; Soman Chainani, autor da série "A escola do bem e do mal"; Yoav Blum, autor de "Os criadores de coincidências" e Lauren Blakely (05/08), autora "Mister O".

Já entre os brasileiros estão confirmados: Maurício de Sousa, Mario Sergio Cortella, Luiz Felipe Pondé, Fernanda Montenegro, Ziraldo, Carolina Ferraz, Thiago Castanho, Helena Rizzo, Pam Gonçalves, Carol Christo, Babi Dewet, a turma do Casseta & Planeta, Antonio Prata, Miriam Leitão, Julián Fuks, Maria Rita Kehl e Luiz Ruffato.

O público também poderá contar com a experiência de receber autógrafos dos best-sellers que se apresentarão na Arena Cultural BIC®. A partir de 10 de julho, começarão a ser distribuídas as senhas online para as retiradas de autógrafo da Arena. Já para os três Espaços de Autógrafos Suzano que receberão outros autores nacionais, as senhas serão distribuídas pelas editoras de cada autor, em seus próprios estandes.

Este ano, a Arena Cultural BIC® também traz uma grande novidade: o Encontro de fãs. Realizados no período noturno, sempre às 20h, esses encontros reunirão leitores fãs de gêneros literários como fanfic, wattpad e romances de época. Em alguns encontros, como no caso da fanfic e wattpad escritores brasileiros do segmento debatem com os leitores suas produções, em outras mesas, por exemplo, serão discutidas as obras de grandes autores como J. R. Tolkien ou a emblemática saga de J. K Rolling.

Para conferir a programação completa e saber mais: http://www.bienaldolivrosp.com.br/Programacao/

Agências de Viagens

Geração millenium é responsável por quase metade das compras de passagens aéreas no Brasil

Segundo levantamento da agência ViajaNet, jovens entre 18 e 34 anos respondem por 45,34% do comércio de bilhetes aéreos e já são maioria no País

Segundo pesquisa exclusiva da agência virtual ViajaNet, a geração millenium já responde por 45,34% do total de vendas de passagens aéreas no Brasil. A participação dos consumidores entre 18 e 34 anos representa o público que mais compra bilhetes aéreos no País.

De acordo com o levantamento, que avaliou o perfil de compra de janeiro a agosto deste ano, os consumidores entre 35 e 54 anos representam 38,94% das vendas de passagens aéreas. E a menor participação ficou na população da terceira, com consumidores acima de 55 anos, com 15,72% dos bilhetes comprados.

vendas de passagens aéreas por faixa etária de consumidores