0
0
0
s2smodern

Privilegiando ingredientes locais, frescos e da estação, que dão ainda mais sabor e cor aos pratos – certamente a tendência gastronômica que mais cresce no mundo –, o chef chileno Marco Salinas, que tem passagem pela cozinha de restaurantes de Paris e Nova York com estrelas no Guia Michelin, acaba de reformular o cardápio do restaurante do Hotel Ladera, em Santiago, capital chilena.

O novo menu, parte importantíssima da experiência memorável que o empreendimento quer que os hóspedes desfrutem em suas instalações, é calcado no resgate da culinária tradicional do Chile. Assim, a parte dedicada às entradas lista opções como ceviche misto de salmão e reineta (peixe) com balsâmico de maçã, além de duas saladas: uma de frango com verduras e frutas secas e outra com camarões salteados no azeite e acompanhados de folhas verdes, pepinos e pimentões.

Entre os pratos principais, pode-se escolher entre costela bovina assada em fogo lento e temperada com vinho tinto e licor de cassis; massa artesanal preparada diariamente pelo restaurante; salada vegetariana; e frango em tiras salteado com mel e balsâmico de maçã. Para acompanhar, arroz creole, purê de batatas e creme de espinafre são algumas possibilidades. Se a preferência, no entanto, for algo mais rápido e trivial, o chef Salinas sugere os lanches (há hambúrgueres artesanais e sanduíche de frango) e as pizzas. O gran finale são as sobremesas, que vão de salada de frutas da estação com calda de caramelo a sorvete com frutas secas caramelizadas e farofa doce crocante.

A carta de bebidas também foi renovada e agora reúne 17 tipos de vinhos e espumantes de produtores chilenos. Para os que preferem uma cerveja, o restaurante oferece nove rótulos, produzidos artesanalmente nas cidades de Santiago e Curicó. E, na medida para os dias quentes do verão, há drinques como pisco sour, mojito e margarita.

Localizado no bairro de Providencia e com fácil acesso ao centro e a outros pontos de interesse turístico de Santiago, o Ladera se diferencia por criar ambientes charmosos e tranquilos para que o hóspede se desconecte da agitação de uma metrópole do porte da capital chilena, sempre com atenção aos detalhes característicos de um excelente serviço. Para mais informações, acesse o site.

 

Agências de Viagens

Geração millenium é responsável por quase metade das compras de passagens aéreas no Brasil

Segundo levantamento da agência ViajaNet, jovens entre 18 e 34 anos respondem por 45,34% do comércio de bilhetes aéreos e já são maioria no País

Segundo pesquisa exclusiva da agência virtual ViajaNet, a geração millenium já responde por 45,34% do total de vendas de passagens aéreas no Brasil. A participação dos consumidores entre 18 e 34 anos representa o público que mais compra bilhetes aéreos no País.

De acordo com o levantamento, que avaliou o perfil de compra de janeiro a agosto deste ano, os consumidores entre 35 e 54 anos representam 38,94% das vendas de passagens aéreas. E a menor participação ficou na população da terceira, com consumidores acima de 55 anos, com 15,72% dos bilhetes comprados.

vendas de passagens aéreas por faixa etária de consumidores