0
0
0
s2smodern

A culinária do Brasil está no topo da lista do inglês The Daily Telegraph. O jornal pontuou os melhores destinos do planeta para uma viagem com o foco em gastronomia e destacou as cidades brasileiras de Paraty, Rio de Janeiro, Salvador e Trancoso. De acordo com a publicação, ao experimentar os pratos, o turista terá a chance de “voltar para casa com fabulosas lembranças de aventuras” do País.

As dicas do veículo vão, desde visitas aos mercados de rua, até as churrascarias brasileiras. Além disso, a matéria apresenta sugestões de pratos como a moqueca ou ensopado de peixe e a tradicional culinária baiana. 

A gastronomia brasileira está entre os itens mais bem avaliados pelos estrangeiros que viajam para o País. Na última pesquisa divulgada pelo Ministério do Turismo, 95,4% dos visitantes internacionais avaliaram positivamente a culinária do Brasil.

 Outras revistas também destacam a comida nacional

 Ainda segundo a imprensa do Reino Unido, a região do Amazonas aparece entre os destinos com as 50 praias mais exóticas do mundo. Na publicação, o turista é convidado a conhecer Santarém ou Manaus, famosas pelas praias de água doce, e passear pelos rios Tapajós e Negro. A seleção foi feita pela FT Weekend Magazine. Já a matéria do The Mail On Sunday fala sobre as riquezas culturais e naturais do Brasil, destacando os destinos da região Nordeste do País.

Agências de Viagens

Geração millenium é responsável por quase metade das compras de passagens aéreas no Brasil

Segundo levantamento da agência ViajaNet, jovens entre 18 e 34 anos respondem por 45,34% do comércio de bilhetes aéreos e já são maioria no País

Segundo pesquisa exclusiva da agência virtual ViajaNet, a geração millenium já responde por 45,34% do total de vendas de passagens aéreas no Brasil. A participação dos consumidores entre 18 e 34 anos representa o público que mais compra bilhetes aéreos no País.

De acordo com o levantamento, que avaliou o perfil de compra de janeiro a agosto deste ano, os consumidores entre 35 e 54 anos representam 38,94% das vendas de passagens aéreas. E a menor participação ficou na população da terceira, com consumidores acima de 55 anos, com 15,72% dos bilhetes comprados.

vendas de passagens aéreas por faixa etária de consumidores