Pin It

O MetrôRio e a Biblioteca Estação Leitura vão antecipar as comemorações do Dia da Consciência Negra – celebrado em 20 de novembro – promovendo duas conversas com autores que exaltam a força da cultura afro-brasileira na literatura.

No dia 25 de outubro, às 19h30, a mineira Ana Maria Gonçalves fala sobre seu livro “Um defeito de cor”. Na história, uma africana idosa viaja ao Brasil em busca do filho perdido há décadas.

No dia 8 de novembro, às 19h30, é a vez do escritor carioca Nei Lopes participar de um bate-papo sobre o romance “Rio Negro, 50”, que se desenvolve a partir de um assassinato com fortes conotações racistas.

Os dois encontros serão mediados pelo jornalista Claufe Rodrigues. Os interessados podem concorrer aos livros gratuitamente. Para isso, é necessário retirar uma senha que começa a ser distribuída na Estação Leitura duas semanas antes de cada evento. Após a conversa, os autores vão autografar os exemplares.