Pin It

A Fundação CEU (Centro de Estudos de Universo) recebeu este mês o selo SAB (Sociedade Astronômica Brasileira), o qual atesta a qualidade e rigor científico do conteúdo produzido pela fundação. Além de avaliar todo o material de Astronomia já disponível, a SAB também monitorará periodicamente os novos trabalhos da Fundação CEU. Assim, os visitantes e alunos encontrarão sempre conteúdo científico de excelência, certificado por uma das mais importantes associações de astronomia do Brasil.

Criado em 2018, o Selo SAB certifica a qualidade do conteúdo de Astronomia apresentado por planetários e instituições, com objetivo de garantir que os conteúdos apresentados estejam de acordo com os conceitos acadêmicos da Sociedade Astronômica Brasileira. Na Fundação CEU, todos os materiais da área de astronomia, tanto das atividades internas quanto dos materiais de divulgação, são produzidos e revisados pela equipe de professores, a fim de garantir a qualidade do conteúdo apresentado tanto aos alunos quanto ao público geral.

Com quase 20 anos de anos de existência, a Fundação CEU realiza atividades de ensino e divulgação de Astronomia e ciências afins. A Fundação sempre contou com um quadro de professores qualificados, tanto é assim que hoje a equipe conta com dois geógrafos, sendo uma mestra em ensino de astronomia e doutoranda em geografia, associada à SAB, e dois físicos, sendo um mestre em meteorologia.

Só para dar uma ideia, no que diz respeito à infraestrutura, a Fundação CEU conta com um grande observatório, equipado com telescópios de última geração, sendo um deles o Meade de 14 polegadas, que oferece a oportunidade de observar planetas a milhões de anos luz da terra; anfiteatro para apresentações multimídias; sala de projeção cine-dome (planetário digital); caverna cenográfica, com efeitos especiais para que os visitantes explorem rochas e fósseis de forma vivencial.

Também está disponível o geo-show: um grande painel interativo e a céu aberto, o qual utiliza efeitos especiais para que os visitantes compreendam geologicamente a formação da terra desde o período pré-cambriano até o quaternário. Outros atrativos interessantes são a base de lançamentos Marcos Pontes, com torre de lançamento de foguetes; réplica do esqueleto de um Alossauro, com aproximadamente 5 metros de altura; replica do Stonehenge: o monumento mais famoso e importante para a astronomia, e muito mais.

Além das atividades na sede da instituição, a Fundação CEU também possui um projeto pioneiro no Brasil: o Domo Ciência, cujo objetivo é inovar a forma de aprendizado de todas as áreas do conhecimento, servindo como apoio pedagógico para alunos tanto do ensino fundamental, quanto do ensino médio. Trata-se de um domo inflável, em formato de meia esfera, que pode ser levado às escolas de todo o Brasil. Nele são projetados filmes em alta resolução, cujo formato de exibição em 180º garante total imersão dos alunos no tema abordado, devido à sensação de estar dentro do filme, participando ativamente de tudo o que acontece.

As apresentações do Domo Ciência são interativas, lúdicas: os participantes são acomodados dentro do domo sentados em cadeiras ou até mesmo deitados, de modo que possam acompanhar as projeções como se estivessem observando o céu. Ao iniciar o filme, fica a sensação de que está participando dele, tanto é assim que é comum as crianças erguerem os braços para tentar tocar os personagens.

Esta imersão garante aumento de compreensão das diversas disciplinas estudadas em sala de aula, além de despertar ainda mais o interesse e o prazer pelo conhecimento científico. Outro ponto positivo é o fato de que o Domo Ciência oferece grande comodidade, porque as escolas não precisam se preocupar com a logística dos alunos para oferecer a eles atividades diferenciadas.

No que se refere à qualidade do conteúdo educacional, os filmes produzidos pela Fundação CEU já receberam diversos prêmios internacionais. Em 2013, o filme Micromonstros foi classificado entre as 10 melhores produções no Jena FullDome Festival, um dos eventos mundiais mais importantes do segmento, realizado na cidade de Jena, Alemanha. Em 2014, o filme Sopro da Vida foi selecionado entre os 10 melhores tanto no Jena FullDome Festival, quanto no Macao FullDome Festival, realizado na China. Vale ressaltar ainda que nestes eventos a classificação não é realizada por ordem de importância, mas sim os dez melhores do mundo.