Vender produtos turísticos na internet e dar visibilidade a empreendimentos fora da rede, este é o objetivo da Plataforma Gestour, que foi apresentada nesta terça-feira, 20, ao deputado federal Herculano Passos, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo no Congresso Nacional (FrenTur).

Durante almoço em Brasília, com o deputado e representantes do trade turístico, o idealizador da Gestour, o especialista em marketing do turismo, Vadis Silva, explicou que a proposta é abrir um canal de vendas na web para empreendimentos que ainda não trabalham com e-commerce, dando suporte gratuito e visibilidade ao negócio na rede. Além de Silva, a empresa tem outros seis sócios. Entre eles, o ex-jogador de vôlei Giba, que também é garoto-propaganda da marca.

À tarde, o deputado participou da apresentação da nova ferramenta ao ministro do turismo, Henrique Eduardo Alves, e ao presidente da Embratur, Vinícius Lummertz. “Acredito que esta plataforma irá beneficiar, especialmente, os microempreendedores do turismo, que ainda não têm sua própria ferramenta de divulgação e vendas online. E isso é bom para o turismo e muito bom para o Brasil”, afirmou o presidente da FrenTur.

Entres as metas da Gestour, está possibilitar que 100% das cidades brasileiras possam contar com um portal web para cada destino integrado à Plataforma; um portal web autogerenciável para cada empresa do setor com a função de vendas online; e uma fanpage para cada destino. “A Gestour está divida entre o grupo das empresas e o dos destinos turísticos do Brasil e, no primeiro minuto da madrugada desta segunda-feira, nós ativamos 5.656 portais. Ou seja, todas as cidades brasileiras, os estados, as regiões e mais 116 empresas e entidades estão online em tempo real”, anunciou o idealizador da Plataforma.

Giba, que defendeu a Seleção Brasileira de Vôlei por quase 20 anos falou do que o motivou a abraçar a causa do turismo. “O que me encantou neste projeto foi a possibilidade de poder continuar defendendo o Brasil de alguma maneira. E eu gostei muito de conhecer essa parte íntima do país, que quase ninguém conhece e, o fato de poder dar a possibilidade para essas pessoas também venderem os seu produtos, é muito interessante”. Giba também falou do poder do turismo na recuperação da economia brasileira. “Quando os EUA estavam em crise, o presidente Barack Obama gravou um vídeo em frente a Disneylândia dizendo que iriam levantar o país com o turismo. É nisso que eu também acredito”, declarou o atleta.

O presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, falou que o Brasil está atrasado em termos de divulgação do turismo e que essa nova ferramenta será fundamental na divulgação dos destinos menos conhecidos. “O lado mais rico dessa Plataforma é trabalhar com o pequeno, com aqueles que não têm a condição de fazer sua própria divulgação”.

Pela Plaraforma as cidades e empresas podem oferecer seis segmentos diferentes de produtos: meios de hospedagem, passeios, traslados, parques temáticos, parques aquáticos e destinos. O lançamento oficial da Gestour está marcado para o dia 06 de novembro, durante o Festival de Turismo de Gramado.

Também participaram da audiência no Ministério do Turismo, o Secretário Nacional de Políticas de Turismo, Júnior Coimbra; o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de São Paulo (ABIH-SP), bruno Omori; a articuladora político-institucional do Fórum das Entidades do Setor de Eventos (ForEventos), Anita Pires; o secretário de Turismo de Ribeirão Preto, Tanielson Campos; a superintendente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Camila Beraldo; o Presidente da Paraná Turismo, Jacó Gimennes; e a prefeita de Porto Ferreira, Renata Braga.