0
0
0
s2smodern

Representantes do Ministério do Turismo e da Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês), discutiram na última segunda-feira (13), em Brasília, a atuação conjunta por avanços na regulação do mercado de aviação. O objetivo é alinhar o Brasil às melhores práticas globais do setor no que tange a custos e direitos do consumidor, entre outros.

O secretário nacional de Estruturação do Turismo, José Antônio Parente, observou que a parceria pode favorecer o trabalho desenvolvido pelo MTur para ampliar a conectividade aérea. “Um dos nossos principais objetivos é garantir uma adequada integração aérea do país, a fim de facilitar o trânsito de turistas, e o avanço na regulação pode ajudar nisso”, apontou o secretário.

O diretor de Relações Externas da Iata no Brasil, Marcelo Pedroso, lembrou que o transporte aéreo responde por 1,4% do PIB nacional e cerca de 1,1 milhão de empregos. Ele defendeu empenho por medidas que permitam a oferta de produtos mais ajustados às necessidades do cliente. “A nossa bandeira é por uma regulamentação mais inteligente. A gente tem que equalizar a nossa regulação àquilo que é praticado no resto do mundo”, sustentou.

_Promo USA 300x250