0
0
0
s2smodern

Nos últimos anos, as mulheres vêm consolidando um papel de protagonistas no universo do empreendedorismo brasileiro. Pesquisas conduzidas pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), mostram que, em 2017, as mulheres superaram os homens na abertura de empresas e já são maioria entre os trabalhadores com carteira assinada nos pequenos negócios.

Com o objetivo de fortalecer essa corrente, o Grupo Mulheres do Brasil – Núcleo DF e o Sebrae do Distrito Federal, Goiás e Mato Grosso do Sul promoveram a 1ª Feira de Empreendedoras Mulher do Brasil. A presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Teté Bezerra, participou da abertura do evento, realizada nesta quarta-feira (29), em Brasília, em apoio ao desenvolvimento do setor, como forma de explorar novas opções de negócios dentro do turismo. O presidente do Sebrae Nacional, Guilherme Afif Domingos, reforçou a importância da promoção do evento por atuar no fomento ao empreendedorismo feminino. 

Luiza Trajano, que comanda a rede de lojas Magazine Luiza e é presidente do Grupo, ministrou, de forma muito descontraída, a palestra “Cabeça de Dona – A relação entre o tijolo e o digital”. Durante a apresentação, mostrou histórico do comércio conduzido por ela e sua família, destacou o uso da comunicação digital como fomento de negócio e falou da importância da relação entre as pessoas como forma de sucesso. 

O Grupo Mulheres do Brasil foi criado em 2013 por 40 mulheres executivas de diferentes segmentos, com o objetivo de engajar a sociedade civil na conquista de melhorias para o Brasil. Atualmente, soma mais de 16 mil mulheres de diferentes classes sociais e profissões. No Distrito Federal, a liderança do grupo é compartilhada entre Janete Vaz, Dulcejane Vaz, Sandra Costa e Sheila D’Amorim.

 

Agências de Viagens

Geração millenium é responsável por quase metade das compras de passagens aéreas no Brasil

Segundo levantamento da agência ViajaNet, jovens entre 18 e 34 anos respondem por 45,34% do comércio de bilhetes aéreos e já são maioria no País

Segundo pesquisa exclusiva da agência virtual ViajaNet, a geração millenium já responde por 45,34% do total de vendas de passagens aéreas no Brasil. A participação dos consumidores entre 18 e 34 anos representa o público que mais compra bilhetes aéreos no País.

De acordo com o levantamento, que avaliou o perfil de compra de janeiro a agosto deste ano, os consumidores entre 35 e 54 anos representam 38,94% das vendas de passagens aéreas. E a menor participação ficou na população da terceira, com consumidores acima de 55 anos, com 15,72% dos bilhetes comprados.

vendas de passagens aéreas por faixa etária de consumidores