A partir de novembro, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) altera, para uma forma mais moderna, o modelo de representação do turismo brasileiro no exterior. O objetivo é o fortalecimento da agenda de promoção internacional do Destino Brasil para a atração de mais turistas para o país. Após cinco anos de mapeamento do mercado internacional, por meio de contratos terceirizados, a Embratur irá aprofundar ações de mercado e compartilhamento de inteligência comercial.

O relacionamento com o trade internacional continuará a ser comandado pelo corpo técnico da Embratur, em Brasília e também nos mercados estratégicos internacionais.
Nesta nova fase, o instituto realizará ações de promoção do Destino Brasil no exterior e a equipe de servidores estreitará relações com os mais de 23 mil parceiros internacionais mapeados pela Embratur, entre operadoras turísticas, companhias aéreas, agências de viagem e outros. As ações de promoção incluem workshops, roadshows e famtours. Esses eventos, que já fazem parte do portfólio de atuação do instituto nos últimos anos, serão intensificados com a concentração do orçamento e dos recursos humanos do instituto para a realização dessas ações.

O corpo técnico continuará com a produção e o compartilhamento de inteligência comercial para a cadeia produtiva do turismo. Os Produtos de Inteligência da Embratur revelam as tendências e oportunidades nos países em que o instituto atua e podem ser decisivos na tomada de decisões e fechamento de negócios. As informações serão utilizadas para conhecer melhor os mercados internacionais e qualificar os produtos ofertados para atender ou superar às expectativas desses mercados.

No último verão, o instituto realizou a primeira campanha totalmente digital, voltada para os turistas da América Latina. Em dois meses, os resultados foram expressivos com mais de 50 milhões de visualizações dos vídeos da campanha. Durante a Copa da Rússia, a campanha Felizes Por Natureza contou com ações em Moscou e também forte atuação no mundo virtual. O alcance total da ação foi de 304 milhões de pessoas.

A mudança no modelo de representação do turismo brasileiro no exterior e as demais ações da Embratur seguem a tendência global de modernização no setor de turismo. Atenta a esta nova realidade mundial, a Embratur tem acompanhado essas transformações com objetivo de se reposicionar no mercado internacional e buscar estratégias inovadoras de promoção para tornar o Brasil um destino cada vez competitivo.