Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro, o novo ministro do Turismo, Marcelo álvaro Antônio, foi empossado nesta terça-feira (1º) em Brasília.

Deputado federal licenciado, Marcelo Álvaro tem 44 anos, é formado em Engenharia Civil e atua na política desde 2012, quando foi eleito vereador pelo PRB em Belo Horizonte. Dois anos depois, conquistou uma vaga na Câmara dos Deputados, sendo reeleito em 2018 como o mais votado em Minas Gerais.

Apesar de pouco tempo na política, seu currículo já pode ser considerado extenso. Em 2015, integrou à Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo, onde tinha a missão de buscar incentivos ao setor e geração de empregos para renda e arrecadação de estados e municípios.

Formado por deputados e senadores, o grupo o avanço na tramitação de cerca de 50 propostas de interesse do segmento, a atualização da Lei Geral do Turismo, medidas do Plano Brasil + Turismo, a capacitação de mão de obra, a facilitação de vistos a estrangeiros e a liberação de jogos.

Marcelo Álvaro também fez parte das frentes parlamentares pela Abertura Comercial do Brasil e do Imposto Único Federal. Também foi destaque como membro titular da Comissão Especial da PEC 333/17,que extingue o foro especial a autoridades públicas. Além disso, participou das comissões de Finanças e Tributação; de Minas e Energia; de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços; de Viação e Transportes;de Desenvolvimento Urbano e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.