Pin It

O Calendário Nacional de Eventos do Ministério do Turismo tem 250 opções registradas para o mês de agosto, que é marcado por festivais que fortalecem o turismo local por meio da gastronomia, da cultura e dos negócios. Na Serra Gaúcha, de colonização europeia, o 47° Festival Internacional de Folclore de Nova Petrópolis, que vai até este domingo (4), reúne 40 grupos folclóricos de diferentes países, cerca de 1,5 mil artistas e um público estimado em 130 mil visitantes para curtir o artesanato, a culinária e danças típicas da região.
Na vizinha Canela, acontece também até domingo (4) a 26ª Festa Colonial de Canela. Já no Norte do país, o 9º Festival do Folclore e do Carimbó, na Ilha de Marajó (PA), nos dias 24 e 25 deste mês, é uma das celebrações em homenagem ao Dia do Folclore Brasileiro, comemorado em 22 de agosto em todas as regiões do país. Em Minas Gerais, a Rota do Café realiza o São Lourenço Coffee Music, de 16 a 18 de agosto, com extenso cardápio gastronômico e shows de blues, jazz, moda de viola e MPB.

Ainda no segmento da gastronomia, a riqueza e diversidade da culinária catarinense estarão presentes no Parque Vila Germânica, em Blumenau, de 2 a 4 de agosto. Já a Praia do Rosa, também em Santa Catarina, será mais uma vez cenário do Del Vino. O evento reúne diferentes tipos de vinhos, música e pratos com pacotes especiais de hospedagem durante o período. Em Paraty (RJ), de 15 a 18 de agosto, tem o 37ª Festival da Cachaça, Cultura e Sabores de Paraty e na cidade de Tiradentes (MG), entre os dias 24 de agosto e 1 de setembro, acontece o 22º Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes. Os chefs mineiros serão as estrelas do evento.

Em Icapuí, litoral leste cearense, o 13º Festival da Lagosta, que ocorrerá entre os dias 16 a 18 de agosto, se consolidou como um dos principais eventos do calendário cultural e turístico do Ceará. Nos estados do Norte, é o verão amazônico que chega com a estação da seca e o surgimento das praias fluviais. Até 4 de agosto, Itupiranga (PA) é um dos destinos que celebram a temporada das águas baixas (vazante) em seu 71ª Veraneio da Praia do Macaco. Turistas do Suriname e Guiana Francesa, além de brasileiros, estão entre os frequentadores do balneário nas margens do rio Tocantins.

Já o inverno continua sendo motivo de festivais neste mês de agosto nas regiões mais frias do país e até no Agreste Potiguar, que deverá atrair 50 mil visitantes de sexta a domingo para a 9ª edição do Festival de Inverno de Serra de São Bento (RN). O evento agrega cultura, gastronomia e artesanato num projeto de turismo sustentável e regionalização da atividade turística. O objetivo é melhorar a qualificação dos serviços oferecidos e ampliar os meios de hospedagem, contribuindo para o desenvolvimento local. Em Brasília (DF), por exemplo, ainda tem festa junina, de 9 a 11 de agosto. O Maior São João do Cerrado é uma celebração da cultura nordestina em pleno Planalto Central com a presença de grande público, além de comidas típicas, artesanato e música regional.

Para fechar a extensa programação de agosto, a Associação das Agências de Viagem de Ribeirão Preto e Região (AVIRRP) realiza nesta sexta-feira (2) e sábado (3) a 23ª Feira AVIRRP com o intuito de potencializar o mercado de viagens e turismo de eventos e enviar ainda mais turistas do interior de São Paulo para todo o Brasil. Outro exemplo de turismo de negócios da região é a Fenasucro e Agrocana, em Sertãozinho, de 20 a 23 de agosto, com a presença dos principais representantes do setor de açúcar, etanol e bioenergia no país e de mais 43 países.

Até o fim do ano, mais de 3 mil eventos já foram registrados no Calendário Nacional de Eventos do Ministério do Turismo. Fonte de consulta ao turista com informações de qualidade sobre a oferta do país, o calendário contribui ainda para aumentar a divulgação, além de agregar valor à imagem dos destinos. Cadastre o seu evento aqui para ganhar mais visibilidade e, em caso de dúvidas, verifique o Manual de Preenchimento.