0
0
0
s2smodern

Os pets acabam de ganhar novas opções para se hospedar durante as viagens com seus donos: as unidades da Rede de Hotéis Deville localizadas em Salvador, Cuiabá, Porto Alegre, Campo Grande, Curitiba, Maringá, Cascavel e Guaíra passam a ser pet friendly, aceitando cães e gatos de pequeno porte em seus apartamentos.

A adequação visa atender um mercado crescente, no qual os animais de estimação ocupam cada vez mais espaço nas famílias. Além disso, as famílias investem cada vez mais para manter seus bichinhos confortáveis, segundo pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Os apartamentos dos Deville acomodam um animal de estimação de até 10 kg e a partir de 4 meses de vida. Para conforto do dono, o hotel fornece potes para água e ração, além de kit higiênico para as necessidades do animalzinho de estimação. Serão aceitos apenas cães e gatos que estejam com a vacinação em dia, sendo obrigatória a apresentação da carteirinha com a vacina antirrábica (com mais de 30 dias e menos de um ano) no momento do check-in.

Dentre as raças de cães aceitas, estão o SRD (sem raça definida), o bulldog francês, o cocker spaniel e o lulu da pomerânia. Já de gatos, além do SRD, também são aceitos o abissínio, o persa, o ragdoll, entre outros. A lista completa de raças permitidas pode ser vista no site.

Para o lançamento do novo serviço, o hotel fez uma parceria com a docg., primeira empresa de vendas diretas de produtos pets no Brasil. Os primeiros 20 hóspedes peludos de cada unidade ganharão dois mimos: amostras do hidratante de patinhas e do leave-in.

Agências de Viagens

Geração millenium é responsável por quase metade das compras de passagens aéreas no Brasil

Segundo levantamento da agência ViajaNet, jovens entre 18 e 34 anos respondem por 45,34% do comércio de bilhetes aéreos e já são maioria no País

Segundo pesquisa exclusiva da agência virtual ViajaNet, a geração millenium já responde por 45,34% do total de vendas de passagens aéreas no Brasil. A participação dos consumidores entre 18 e 34 anos representa o público que mais compra bilhetes aéreos no País.

De acordo com o levantamento, que avaliou o perfil de compra de janeiro a agosto deste ano, os consumidores entre 35 e 54 anos representam 38,94% das vendas de passagens aéreas. E a menor participação ficou na população da terceira, com consumidores acima de 55 anos, com 15,72% dos bilhetes comprados.

vendas de passagens aéreas por faixa etária de consumidores