O furacão Maria avança pelas ilhas do Caribe na categoria 5, o grau máximo do fenômeno, depois de devastar a Dominica com ventos de cerca de 250 km/h. A tormenta segue o mesmo caminho do furacão Irma, que levou a destruição às ilhas caribenhas no começo do mês. O primeiro-ministro de Dominica, Roosevelt Skerrit, anunciou nesta terça-feira (19) que o país perdeu "tudo o que o dinheiro pode comprar e substituir" e teme mortes. A ilha de Guadalupe está em alerta para chegada do fenômeno, e o governo emitiu um alerta e uma ordem de esvaziamento de áreas de risco.