Vinicius Lummertz apresenta a prefeitos e secretários de Turismo proposta que integra Sul e Serra catarinenses a Serra Gaúcha

Em palestra nesta sexta-feira (23) para prefeitos, vereadores e secretários de Turismo da Região Sul de Santa Catarina, na cidade de Tubarão, o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinicius Lummertz, lançou o desafio da internacionalização do projeto turístico regional e a sua integração com a Serra Catarinense e a Serra Gaúcha.

A convite da Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel), Lummertz disse que “o programa básico para isso está pronto: é o Plano Estratégico de Desenvolvimento do Turismo na Região das Serras Gaúcha e Catarinense”, produzido pelo Ministério do Turismo. 

Vinicius Lummertz lembrou que todo o investimento que tem sido feito pelo Ministério do Turismo e pela Embratur para fomentar o turismo interno e internacional resultou em Santa Catarina numa movimentação econômica de R$ 10,1 bilhões nos meses de dezembro de 2017 e janeiro e fevereiro deste ano. 

O presidente da Embratur propôs ainda que “a região adote um calendário de janeiro a janeiro, a exemplo do que fez o Rio de Janeiro, para evitar a sazonalidade que em Santa Catarina acaba concentrando a vinda de turistas no Verão”. Porém, ele acredita que só com a internacionalização será possível realizar esses projetos. 

Presente ao evento, o coordenador geral do planejamento territorial turístico da Secretaria de Infraestrutura do Ministério do Turismo, Eduardo Madeira, também fez uma palestra apresentando os principais pontos do planejamento, assim como as ações e aplicação de recursos do MTur na região.