Pin It

Para celebrar o Dia da Gastronomia Mineira, o Instituto Eduardo Frieiro organizou uma intensa e saborosa programação, com ações diversas de 03 a 31 de julho de 2019. As atividades deste ano incluem a Entrega do Prêmio Eduardo Frieiro (dia 03/07 – para convidados) e a sessão solene na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (04/07), onde será oficializada a parceria entre a Emater e a Assembleia autorizando o espaço para a Feira de Agricultura Familiar da Emater. Neste dia terá inclusive a feira de produtores (04/07). A programação engloba também gastronomia temática em restaurantes, palestras, demonstrações culinárias, intervenções culturais e até tours gastronômicos.

A cozinha mineira encanta não somente por ser a mais característica do Brasil, mas, sobretudo porque é feita de pratos ricos em sabor e cheios de cultura, histórias e costumes próprios. Investir em gastronomia, em seu estudo e aprimoramento é uma vocação natural dos mineiros, dos chefs mineiros, que sempre buscam o retorno às origens para seus pratos. O objetivo do evento é valorizar e resgatar a história e os valores da gastronomia mineira, contribuindo para explorar o potencial turístico e a geração de renda, fortalecendo também sua identidade.

Neste contexto, Belo Horizonte é reconhecida por ser a capital dos bares e por sua excelente gastronomia e  se tornou candidata à Rede das Cidades Criativas da UNESCO pela Gastronomia (com grandes chances de conquistar esse título). A capital mineira reflete a cultura e os saberes de seu povo, esbanja criatividade e talento gastronômico, valoriza os ingredientes regionais e promove a cultura alimentar como alavanca de desenvolvimento local e como política pública municipal.

A Semana da Gastronomia Mineira é uma realização do Instituto Eduardo Frieiro e a Frente da Gastronomia Mineira, patrocinada pela Belotur e Prefeitura de Belo Horizonte, Gasmig (Lei de Incentivo à Cultura/Governo do Estado), com apoio das Faculdades Una, Promove, Estácio e Senac, Ormiloc, Mercado Central, Assembleia Legislativa, Mineiraria, Codemge, Emater e Secretaria de Estado da Cultura e Turismo de Minas Gerais.