Pin It

Uma parceria entre o RIOgaleão, o Sindicato de Hotéis e Meios de Hospedagem do Município do Rio de Janeiro (Hotéis Rio) e a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) irá apresentar aos principais emissores de turistas do Brasil as novas atrações da Cidade Maravilhosa. A partir de março, o roadshow “O Rio Não Para” irá visitar seis capitais nacionais, com o objetivo de divulgar todos os avanços conquistados pelo Rio de Janeiro nos últimos anos e fornecer informações e ferramentas para aquecer a comercialização do destino Rio.

A ação é voltada para as principais agências e operadores de turismo de Vitória, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Recife e Salvador, cidades mapeadas como mercados estratégicos. A intenção é aumentar o fluxo de turistas para o Rio de Janeiro, tendo como atrativos os equipamentos que passaram a integrar a paisagem da cidade, além do extenso calendário de eventos para 2019.

O projeto acontecerá em duas etapas. Na primeira fase, as principais agências e operadores de turismo de cada região participarão de uma capacitação, com a apresentação do destino Rio e de seus principais equipamentos turísticos, que ficará a cargo de agentes da Riotur e Secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro. Na sequência, uma rodada de negócios irá aproximar os participantes da imersão de estabelecimentos associados ao Hotéis Rio e à ABIH-RJ e de equipamentos turísticos cariocas.

Na segunda etapa do projeto, operadores e agências serão convidadas a participar do Programa de Capacitação e Treinamento (Procap), que proporcionará uma imersão no estilo de vida carioca.  Os selecionados irão conhecer de perto os principais equipamentos turísticos do Rio, começando a experiência pela estrutura do Aeroporto Internacional Tom Jobim.

Um novo Rio

Nos últimos anos, a cidade do Rio de Janeiro teve sua capacidade hoteleira aumentada em 100%, passando de 30 mil quartos, em 2009, para 60 mil, em 2017. O crescimento tornou o parque hoteleiro carioca o mais moderno da América do Sul.

Houve também avanços em infraestrutura e mobilidade urbana, como a concessão do RIOgaleão, o VLT, o BRT e a Linha 4 do Metrô. Novos pontos turísticos – como o Museu do Amanhã, o AquaRio e o Porto Maravilha – juntaram-se aos já tradicionais cartões-postais cariocas.