A Equipotel, principal evento latino-americano do setor da hospitalidade, chegou ao fim no último dia 21 de setembro. Organizado pela Reed Alcantara, a feira contou com 230 expositores, recebeu 24.526 visitantes de perfil qualificado e teve área de exposição de 25 mil m², além de uma série de atrações na forma de conteúdos, experiências e oportunidades de interação voltadas à realização de negócios.

Nos quatro dias de feira, a tônica foi a retomada recente do setor, que demonstra avidez por inovação, assim como o evento, cheio de novidades nesta edição. A feira teve aprovação de 82% dos visitantes e também da maior parte dos expositores: 89%.

A primeira novidade percebida pelo visitante foi reorganização da feira em sete setores temáticos (Cozinhar & Servir, Gestão & Conectividade, Cuidados & Limpeza, Relax & Bem-Estar, Decor & Conforto, Serviços & Facilidades e Lazer & Entretenimento) para facilitar a localização por interesses. Além disso, a Reed Alcantara e seus parceiros realizaram antes do evento um road show de divulgação em mais de 20 cidades do Norte e Nordeste, com o objetivo de garantir a presença de visitantes qualificados em busca de soluções para seus empreendimentos e com orçamento já reservado para investimentos.

De acordo com a organização, 67% dos visitantes declararam ter poder de decisão em seus estabelecimentos e 68,2% afirmaram ter recursos financeiros para investir. De olho nesse público, a organização preparou uma série de experiências voltadas à realização de negócios. Foram duas rodadas de negócios durante a feira, uma delas específicas para o segmento de food service, com um total de 316 reuniões realizadas, oito horas de duração e movimentação estimada em R$ 189 milhões.

Entre as atrações para este público qualificado, a Equipotel trouxe de volta a mostra Hotel Design, com propostas de diferentes arquitetos para as principais áreas de um hotel. A organização também destacou o Spa Conceito, patrocinado pela Roca Brasil, com projetos arquitetônicos para a área de banho e relaxamento.

Segundo o curador das mostras, o arquiteto Sérgio Oliveira, as experiências tiveram como o objetivo mostrar que é possível ter um hotel bem decorado sem gastar muito. Outra atração foi o Motel Design, uma proposta arquitetônica que busca agregar ao motel conceitos elaborados de hospitalidade, distante do estereótipo erotizado.

A proposta de oferta de conteúdos também foi reformulada e recebeu especial atenção da organização. Ao todo, foram 49 horas de palestras sobre todos os segmentos do setor hoteleiro distribuídos em eventos paralelos e espaços temáticos, como o Congresso de Hospitalidade, o II Fórum Brasileiro de Hotéis Independentes, o Guia de Motéis Talk, o Hostel Hour, o Café do Saber e o Seminário da Associação Brasileira de Governantas e Profissionais de Hotelaria. Outra atração foi o Bar & Restaurante Evolution, um espaço com curadoria da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), com palestras, workshops e áreas de relacionamento.

O cuidado com a reformulação também foi percebido na seleção dos expositores. Além de trazer inovações, a organização tomou cuidado de sinalizá-los com um selo criado especialmente com essa finalidade, o Selo Hospitalidade, que nos estandes indicava ao visitante as empresas com novidades que não podiam deixar de conferir.

De um total de mais de 100 inscrições, 35 expositores foram escolhidos e receberam o selo (confira abaixo a relação de empresas e seus destaques premiados), após a escolha de um comitê formado por representantes do Conselho Consultivo da feira, a partir da curadoria de soluções feira por profissionais da Revista Hotéis.

Ainda durante a feira, a Reed Alcantara e a ABIH-Nacional anunciaram a realização conjunta do Congresso Nacional de Hotéis (Conotel) e da Equipotel Regional 2019 em Goiânia, entre os dias 8 e 10 de maio, em continuidade aos eventos realizados em Fortaleza no primeiro semestre.