A curadoria das peças, que são originárias de artistas e galerias de todo o mundo, levou quase dois anos

Regent Seven Seas Cruises, principal linha de cruzeiros marítimos de luxo do mundo, divulgou alguns detalhes da impressionante coleção de arte, avaliada em US$ 5 milhões, do novo Seven Seas Splendor, inaugurado em fevereiro deste ano. A curadoria das peças, que são originárias de artistas e galerias de todo o mundo, levou quase dois anos.

Refletindo uma coleção extensa e diversificada, com artistas modernos e clássicos, as obras estão inseridas em todas as áreas do Seven Seas Splendor, de restaurantes e lounges a corredores e banheiros, complementando o elegante design de interiores do navio. A disposição das peças também segue as diretrizes de uma inteligente estratégia, pensada para garantir o melhor posicionamento das peças e como elas aparecem no local escolhido.  

Um bom exemplo dessa estratégia é a disposição do The Bullfighter Move, de Joan Miró, exibido ao lado do Bull de Eduardo Arranz-Bravo, no Prime 7, a principal churrascaria do navio. O trabalho de Miró e Bravo foi exibido na prestigiada Sala Gaspar Gallery, na Espanha, em 1969, no mesmo ano em que Bullfighter Move foi criado. Miró, com 76 anos na época, estava bem estabelecido internacionalmente como um dos mestres da Espanha. Ele se familiarizou com o talento dos trabalhos de Arranz-Bravo, de 28 anos, durante essa exibição, e defendeu Bravo como um artista emergente e o ajudou a ganhar elogios em todo mundo. Agora, o trabalho de ambos estará exibido para sempre lado a lado no Seven Seas Splendeor.

Afora Miró, Picasso e outras obras de artistas tão prestigiados quanto, uma outra peça no navio tem se destacado em meio aos hóspedes. Trata-se de uma icônica escultura, em formato de um mítico dragão, que sobe do chão ao teto para cumprimentar os hóspedes em frente ao Pacific Rim, o requintado restaurante pan-asiático do Splendor. Segurando uma pérola, o dragão de bronze fundido é a personificação da boa sorte na cultura asiática e tem feito bastante sucesso a bordo.

Grandes e charmosos lustres, todos feitos sob medida, também fazem parte do seleto grupo de obras de arte presente no navio, e contribuem para a sofisticada decoração do Splendor. Eles refletem a luz em um belo equilíbrio entre se destacar e encher a sala com calor e clareza.

 

Siga-nos