Jornal de Turismo Jornal de Turismo
AviaçãoAvião utilitário P-750 XSTOL capaz de decolar e pousar em pistas extremante curtas chega ao Brasil este mês

Aviação

Avião utilitário P-750 XSTOL capaz de decolar e pousar em pistas extremante curtas chega ao Brasil este mês

 

 

No último dia  11 de abril, foi assinado entre a Pacific Aerospace e brasileira Aerie Aviação Executiva, o contrato de representação para o monomotor P-750 XSTOL no mercado brasileiro. A Aerie será o representante exclusivo no país e o foco vai ser atender empresários, empreendedores e empresas que necessitam de uma aeronave multitarefas, com a confiabilidade que só um turboélice equipado com motor PT6A-34 e com as caracteristicas únicas deste avião, podem proporcionar.

 

“Estamos apostando na retomada do crescimento e na demanda represada por quase um ano, em que muitas empresas ou pessoas físicas adiaram suas decisões de compra”, disse Cassio Polli, diretor da Aerie Aviação Executiva. O foco inicial será as regiões Centro-Oeste, Nordeste e Norte, onde a necessidade de um avião utilitário para transporte de passageiros, frete e carga são maiores,  incluindo a demanda do setor de agronegócios, entre outros segmentos.

 

A capacidade de conexão entre centros urbanas e áreas remotas de norte a sul do país é um dos diferenciais do P-750 XSTOL (Extremely Short Take-Off and Landing). Atualmente, a aviação comercial atende aproximadamente 100 cidades em todo país, mas ao todo são mais de 5 mil municípios. Para chegar a estes destinos, é preciso usar os mais de 3 mil aeródromos disponíveis, muitos deles sem asfalto, com pista curta, estreita ou irregular, restringindo o tipo de aeronave a ser usado.

 

“O P-750 XSTOL é um verdadeiro Utilitário Aéreo, com a versatilidade do sistema de conversão rápida, que alterna da versão de passageiros para carga em poucos minutos, apenas removendo os assentos. É “pau para toda obra”, a trabalho ou lazer, na cidade, praia, fazenda ou campo, e está perfeitamente dimensionado para a realidade brasileira”, destaca o CEO da Pacific Aerospace Damian Camp.

 

De acordo com Polli, a expectativa é comercializar 3 aeronaves ainda este ano no Brasil, o preço médio equipado está na casa de US$ 1,9 milhão na Nova Zelândia. Já conta com opções de financiamento domestico, prazos de 36 a 60 meses e estrutura de importação com via Trading, benefícios fiscais.

 

O P-750 XSTOL é uma aeronave multitarefas que oferece dez diferentes opções de configuração e uso, podendo ser usada para o transporte de oito passageiros, frete ou carga, combate a incêndios, vigilância, busca e salvamento, paraquedismo, serviço aeromédico e outras aplicações.

A Pacific Aerospace tem base em Hamilton na Nova Zelândia, 65 anos de existência e mais de 600 aeronaves produzidas, considerando também os modelos anteriores FU-24 Fletcher e Cresco. Tem forte presença no eixo Asia-Pacífico, Europa e África e, recentemente, deu início a um projeto de expansão global, focando nas Américas, incluindo em um primeiro momento Estados Unidos, Argentina e Brasil.

 

Em termos técnicos, o P-750 XSTOL em uso privado transporta 8 passageiros e tem uma capacidade de carga de 3,900 lbs ou 1,769 kg, mesmo em dias quentes e altitude. O monomotor turboélice P-750 XSTOL é extremamente robusto e confiável, de fácil operação, manutenção e baixo custo operacional. Produzido pela Pacific Aerospace, usa componentes com suporte global, de empresas consagradas como Pratt & Whitney Canadá, Garmin, Hartzell e Honeywell. O P-750 XSTOL já está homologado no Brasil e conta com Centro de Serviços Autorizado, a Japi Aeronaves, em Jundiaí/SP.

Hotelaria

Resort urbano terá pacotes especiais para celebrar a data...
Programa Kids Winter tem pacotes de quatro e sete dias...
Promoção acontece na próxima sexta-feira (26)...