Resultado é divulgado em meio às comemorações do Dia Mundial do segmento, celebrado neste domingo (18.04)
 

Por Vanessa Castro (Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo)

O Ministério do Turismo divulgou, na última sexta-feira (16), o resultado de edital lançado em março, em parceria com a Unesco, que previa a contratação de consultoria para a formulação de ações e estratégias voltadas ao desenvolvimento do turismo gastronômico no país. O profissional de Minas Gerais Richard Alves foi selecionado dentre 123 currículos cadastrados, após um processo de seleção rigoroso realizado pela Comissão Avaliadora, composta por representantes dos dois órgãos parceiros.

Entre os produtos que serão apresentados pela consultoria estão o mapeamento dos principais eventos gastronômicos nacionais, roteiros gastronômicos e produtos turísticos brasileiros ligados à gastronomia; a sistematização das políticas, programas e projetos desenvolvidos, em âmbito nacional e estadual, relacionados ao fortalecimento do turismo gastronômico; e o levantamento e a sistematização de informações relacionadas à gastronomia que contribuam para a construção de indicadores do setor e o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030.

A iniciativa faz parte do Programa Nacional do Turismo Gastronômico do MTur criado para estruturar e promover o segmento no Brasil, valorizando a vocação do país como destino de excelência em gastronomia. Segundo a Organização Mundial do Turismo, a gastronomia é o terceiro maior impulsionador de viagens no mundo, e só no Brasil movimenta cerca de R$ 250 bilhões, de acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

O secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo do Ministério do Turismo, William França, avalia que a contratação de profissional especializado vai potencializar as ações voltadas ao turismo gastronômico. “Com este apoio, o Ministério do Turismo poderá construir políticas públicas eficazes a fim de desenvolver este segmento que tem um potencial inigualável no Brasil. Todas as regiões e estados do país possuem suas singularidades gastronômicas, que podem e devem se tornar ativos turísticos sustentáveis, tendo como consequência o desenvolvimento socioeconômico nacional e regional”, ressaltou.

DIA MUNDIAL - O resultado do edital coincide com a celebração do Dia Mundial do Turismo Gastronômico, comemorado neste domingo (18). A data foi instituída pela World Travel Food Association (WFTA), considerada a principal autoridade do mundo em turismo de gastronomia, com o objetivo de valorizar as culturas culinárias mundiais e conscientizar tanto os consumidores quanto o setor a preservar e promover as riquezas gastronômicas através da hospitalidade e do turismo.

CONSULTORIA - Richard Alves, profissional selecionado para prestar consultoria para o Mtur, possui experiência na gestão de projetos de inovação, empreendedorismo e sustentabilidade envolvendo organizações públicas e privadas. Também atuou no setor turístico, com 20 anos de experiência em mais de 100 destinos brasileiros internacionais como Argentina, Colômbia, Portugal, Espanha e África do Sul.

Siga-nos