A Embraer informou nesta segunda-feira (11) que recebeu da NetJets, companhia aérea da Berkshire Hathaway de Warren Buffett, uma encomenda para 100 aeronaves, somando mais de US$ 1,2 bilhão (R$ 6,6 bi). O acordo prevê a entrega do modelo Phenom 300E -jato Phenom 300 melhorado na parte dos softwares- no segundo trimestre de 2023, para operação nos Estados Unidos e na Europa.

A empresa brasileira diz que a encomenda ocorre depois de entrega exitosa de 100 jatos executivos Phenom 300, uma das aeronaves mais requisitadas pelos clientes da NetJets, segundo ela. O primeiro acordo da compra, assinado em 2010, contemplou 50 pedidos dos jatos Phenom 300, mais opções de até 75 aeronaves adicionais.

O novo pedido engloba um abrangente contrato de serviços. Michel Amalfitano, presidente e CEO da Embraer Aviação Executiva celebra o acordo e diz que a NetJets é uma parceira estratégica da empresa brasileira, sendo parte do trajetória da Embraer por mais de uma década.

"A Embraer e a NetJets compartilham a mesma visão para a aviação executiva, tornando a série Phenom 300, o jato da categoria leve mais vendido por nove anos consecutivos, uma excelente escolha."

Doug Henneberry, vice-presidente executivo de Gestão de Frota de Aeronaves da NetJets, diz que o Phenom 300 é parte essencial da frota há anos e que o novo pedido os permitirá oferecer aos proprietários as experiências de viagem excepcionais que esperam.

Siga-nos